a perspectiva

a arte e o design em cada campo do conhecimento...

Rodrigo Tedim

Formado em Design, Artes Plásticas, Propaganda e Marketing, acredita que o mundo é construído nos detalhes onde o olhar estético é inevitável

O UNIVERSO EM CADA OLHAR

Há muito tempo procuramos relações que nos leve a entender nossa existência. Procurar sentido em tudo o que nos cerca, fez da humanidade uma espécie obcecada por padrões. Buscar padrões é a resposta natural de nossa mente a um fato simples que nos desagrada: o desconhecimento. Nosso cérebro não gosta de "não saber". Essa inquietação patológica não está no nosso DNA à toa. Eis aqui os trabalhos distintos(ou não) de dois excepcionais fotógrafos que nos fazem pensar em nossa relação com um mundo cheio de padrões visuais.


Admirado por sua macro fotografia, Suren Manvelyan começou a fotografar com apenas dezesseis anos e se tornou conhecido por sua série de close-ups de olhos humanos chamado “Your beautiful eyes”. Nascido em 1976, Suren tornou-se um fotógrafo profissional em 2006 e desde então seu trabalho estende-se a retratos, paisagens e é claro a sua impressionante macro fotografia.

109.jpg

541.jpg Além de seus cliques com sua lente macro em olhos humanos, Suren também fotografou uma série no mundo animal. O resultado é surpreendente.

84.jpg

535.jpg

Outro notável trabalho é do artista russo Andre Ermolaev. Olhando sua série fotográfica, fotos aéreas da Islândia, as imagens tornam-se quase pinturas abstratas. Em suas fotografias é impossível não destacar a beleza da natureza e quão incrível e inspirador o mundo pode ser.

Andre-Ermolaev-4.jpg

Andre-Ermolaev-1.jpg

A associação das cores e formas desses dois trabalhos, quando colocadas lado a lado, é imediata. Segundo o físico teórico e escritor Fritjop Capra, não estamos conscientes da unidade de todas as coisas, mas dividimos o mundo em objetos e eventos separados e essa divisão é útil e necessária para lidar com nosso ambiente diário, mas não é uma característica da essência da realidade. É uma abstração inventada pelo nosso intelecto discriminativo e categorizador. Segundo Capra, é uma ilusão acreditar que nossos conceitos abstratos de coisas e eventos separados são realidades da natureza. Essas duas imagens abaixo comparam os dois trabalhos e nos deixa a dúvida: quão longe podemos estar do universo em cada olhar?

Comparativo1.jpg

Comparativo2.jpg


Rodrigo Tedim

Formado em Design, Artes Plásticas, Propaganda e Marketing, acredita que o mundo é construído nos detalhes onde o olhar estético é inevitável.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/// @destaque, @obvious //Rodrigo Tedim
Site Meter