a perspectiva

a arte e o design em cada campo do conhecimento...

Rodrigo Tedim

Formado em Design, Artes Plásticas, Propaganda e Marketing, acredita que o mundo é construído nos detalhes onde o olhar estético é inevitável

A Alegoria da Caverna e a ignorância com o desconhecido.

É difícil aceitar uma nova ideia. Mais difícil ainda se essa ideia for utópica. O período de singularidade que a humanidade se encontra, fará com que paradigmas antigos sejam revistos e redesenhados nos próximos 50 anos. Há que diga que isso é papo de louco. Encontrar novas formas de vida inteligente, a colonização outros planetas e o aumento da perspectiva da vida humana são apenas alguns dos pontos mais populares que iremos começar a ver nas manchetes.


200832bw8k9708kpz9p7c9.jpg

A Alegoria da caverna de Platão descreve exatamente nossa realidade com esse vasto desconhecido que tanto nos assusta. Mas uma exemplo dessa parábola é o romance de Edwin Abbott.

Na fantasia vitoriana Flatland (Terra Plana), os personagens são diferentes figuras geométricas vivendo em um mundo exclusivamente bidimensional. Quando a história começara, o narrador, um Quadrado de meia idade, tem um sonho perturbador em que visita um reino de uma única dimensão, Terra linear, cujos habitantes só podem se mover de ponto a ponto.

star_trek_space_station.jpg

Com crescente frustração, Quadrado tenta explicar a si mesmo – que é uma Linha de Linhas, de um reino onde é possível mover-se não apenas de ponto a ponto, mas também de lado a lado. Os habitantes de Terra Linear, irritados, estão a ponto de atacá-lo quando ele acorda. Mais tarde, naquele mesmo dia, ele tenta ajudar um de seus netos, um pequeno Hexágono, em seus estudos. O neto sugere a possibilidade de uma Terceira Dimensão – um reino com alto e baixo do mesmo modo que lado a lado. O quadrado classifica essa noção como tola e inimaginável.

Space-Universe-395.jpg

Naquela mesma noite, o Quadrado tem um encontro que mudaria a sua vida: uma visita de um habitante do Espaço, o Reino das Três Dimensões. A Principio o Quadrado se sente apenas intrigado com o visitante, um circulo peculiar que parece se modificar em tamanho e até mesmo desaparecer. O visitante explica que é uma Esfera. Apenas parecia mudar de tamanho e desaparecer porque estava se deslocando na direção do Quadrado no Espaço e, ao mesmo tempo, descendo.

cover.jpg

Percebendo que somente com argumentação não seria capaz de convencer o Quadrado quanto a Terceira Dimensão, a exasperada Esfera cria para ele uma sensação de profundidade. O Quadrado fica muito abalado.

“Houve uma estonteante e enjoativa sensação visual que não era como ver; vi uma Linha que não era Linha; um Espaço que não era Espaço. Eu era eu mesmo e não era eu mesmo. Quando consegui recuperar a voz, gritei alto e com agonia: ‘Ou é uma loucura ou é o Inferno’” “Não é nada disso” respondeu a Esfera calmamente. “É o Conhecimento: são as Três Dimensões. Torne a abrir seus olhos e olhar firme.”

Depois de ter uma percepção de outra dimensão, o Quadrado se torna um evangelista, tentando convencer seus amigos da Terra Plana de que o Espaço é algo mais do que uma desvairada noção de matemáticos. Por sua insistência, acaba sendo preso a bem do público.

goodwp.com_15878.jpg

A partir de então, a cada ano, o mais alto sacerdote da Terra Plana, o Circulo Chefe, vai examina-lo a fim de ver se recobrou a razão, mas o teimoso Quadrado continua a insistir que existe uma Terceira Dimensão. Ele não consegue esquece-la nem explica-la.

Que a luz da verdade nos ilumine!


Rodrigo Tedim

Formado em Design, Artes Plásticas, Propaganda e Marketing, acredita que o mundo é construído nos detalhes onde o olhar estético é inevitável.
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/recortes// @destaque, @obvious //Rodrigo Tedim