a razão singular do segredo

sobre o que escrevem os que escrevem?

Raul C. de Albuquerque

Estudante de Direito apaixonado por Letras. Apesar desse quadro, não acha que está no lugar errado, afinal, o amor às palavras demonstra-se de diversos modos. Poeta desde que nasceu, mas só começou a escrever poemas aos sete anos. Apaixonado por livros, chá e música clássica. Tem especial prazer em descrever inutilidades em perfis (como este).

A Poesia de Emily Dickinson

Emily Dickinson nasceu em dezembro de 1830, em Amherst, Massachussets, EUA. E morreu em maio de 1886, no mesmo lugar, na mesma casa. Aparentemente, uma típica mulher estadunidense do século XIX. Mas só aparentemente...


emily-dickinson.jpg

“Apesar do meu parco renome,
Minha Arte, um Dia de Verão – Teve mecenas –
Na primeira vez – foi uma Rainha –
E depois – foi uma Borboleta –”

Os versos citados acima são da maior poetisa dos Estados Unidos no século XIX, Emily Dickinson. Ela nasceu em 10 de dezembro de 1830, em Amherst, Massachussets, EUA. E morreu em 15 de maio de 1886, no mesmo lugar, na mesma casa. Aparentemente, uma típica mulher estadunidense do século XIX.
Depois da morte de Emily, sua irmã mais nova, Lavinia, encontrou um tesouro deixado por ela em seu quarto: 1775 poemas. O primeiro volume de poemas de Dickinson foi publicado em 1891, depois vieram mais dois.

The-Collected-Poems-of-Emily-Dickinson.jpg

Sobre a vida de Emily, sabe-se muito pouco. Era uma figura tão reclusa que ficou conhecida nos Estados Unidos como “a freira de Amherst”. Sabe-se que tinha um pai muito rigoroso que tratava os filhos com austeridade e controle, o que influenciou muito a delicada e bucólica poesia de Dickinson. O excessivo controle do pai sobre Emily acabou tornando-a uma mulher infantil, a partir dos vinte anos, só usou branco, depois dos trinta, consolidou sua clausura, não saindo de casa nem para o enterro do próprio pai. Esta casa é hoje um museu em homenagem a Emily e um local de peregrinação para vários amantes da poesia.

dickinson-habitacion.jpg
Foto da parte interna da casa de Emily Dickinson

Os versos de Emily Dickinson com sua linguagem cotidiana indicam que ela passou por inúmeras fases depressivas.

“Eu perdi tudo por duas vezes,
E as perdas foram ao chão.
Por duas vezes eu fui mendiga
Diante das portas de Deus.”

Com sua pontuação incomum, descreveu sua vontade de liberdade e suas idealizações do além-casa.

“Há uma Zona cujos plácidos Anos,
Nenhum Solstício interrompe –
Cujo Sol constrói um perpétuo Meio-dia
Cujas perfeitas Estações aguardam –

Cujo Verão em Verões se instala, até
Que Séculos de Junho
E Séculos de Agosto cessem
E a Consciência – É Meio-dia.”

signature.jpg

Com seu lirismo introspectivo, ela foi pouco a pouco se mostrando através de seus versos.

“Doces horas pereceram aqui;
Este é um importante recinto;
Dentro deste lugar esperanças já brincaram, –
Agora só sombras na tumba.”

Até hoje, alguns de seus poemas permanecem criptografados. Pois, complexos, abrem possibilidade para várias interpretações.

“Uma Extensão de Prata
Com Cordas de Areia
Para manter esta que está se apagando
A Estrada chamada Terra.”

parede.jpg

E, por fim, a “Freira de Amherst” não se poupou de descrever as minúcias de um amor impossível.

“Eu não estaria incomodada – Muralhas –
Fosse o Universo – Uma Rocha –
E distante Eu ouvisse sua prateada Voz
Chamando do outro lado da Pedra –

Eu faria um túnel – até que minha Ranhura
Chegasse de súbito até ele –
Então minha face teria sua Recompensa –
Olhar nos seus Olhos –“

emily-sepult.jpg

Nota: Versos de Emily Dickinson traduzidos e adaptados por Raul Albuquerque.


Raul C. de Albuquerque

Estudante de Direito apaixonado por Letras. Apesar desse quadro, não acha que está no lugar errado, afinal, o amor às palavras demonstra-se de diversos modos. Poeta desde que nasceu, mas só começou a escrever poemas aos sete anos. Apaixonado por livros, chá e música clássica. Tem especial prazer em descrever inutilidades em perfis (como este)..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/literatura// @destaque, @obvious //Raul C. de Albuquerque