above all

Falar e pensar, sobretudo o que me interessa

JHONS CASSIMIRO

Escrevo sobre tudo que parece ter vida e conteúdo, e que sobretudo tem proveito.

Porque homens também apoiam o feminismo

Por falar em estupro, por falar em feminismo, o que você, homem, pensa a respeito? Ser homem é ter a obrigação de lutar por um mundo mais justo e digno. Uma das maneiras mais abrangentes que posso utilizar para alcançar esse objetivo é através da palavra escrita. Então me cabe fazer o que é certo, para que sirva de alerta para os homens que fazem errado.


maxresdefault.jpg

Há coisas que se você não faz, os outros fazem errado por você. Começar um texto citando Rubem Fonseca faz todo o sentido quando o assunto em questão é a mais dura realidade social.

Ser homem é ter a obrigação de lutar por um mundo mais justo e digno. Uma das maneiras mais abrangentes que posso utilizar para alcançar esse objetivo é através da palavra escrita. Então me cabe fazer o que é certo, para que sirva de alerta para os homens que fazem errado.

Não é um assunto novo, ele existe desde os mais longínquos tempos. Todos os dias, quantas mulheres são estupradas, não só no corpo, mas acima de tudo em sua dignidade? O assunto veio à tona novamente, porque dessa vez, trinta homens (ou mais) cometeram o crime contra uma jovem de 16 anos na cidade do Rio de Janeiro. Há alguns meses foi no Piauí, há alguns anos na Paraíba, meu Estado, que se viu indignado diante de uma situação de barbaridade causada pelo machismo.

estupronaoeculpadavitima-violencia-sexual-no-brasil-chega-ao-trending-topics-mundial.png

Todos somos vítimas dessas pessoas que foram estranhamente educadas para a violência contra a mulher. Provavelmente estava na grade curricular a doutrinação de que toda e qualquer mulher é inferior a qualquer homem. Não está institucionalizado, mas enraizado em nossa cultura a falta de valor dado a tudo que elas fazem.

Só uma mulher pode sentir o quão difícil é viver nesse gênero. A nós homens cabe apenas imaginar. Muitos fogem dessa tarefa, fingem que está tudo bem, que o mundo é assim mesmo. Não sinto o que a mulher sofre, mas posso dizer como o homem sente-se no mundo. Por mais que existam pressões sociais para que o homem tenha algumas atitudes que o tornariam mais homem, o tamanho que isso ocupa em nossa mente e nos preocupa é extremamente inferior às pressões aplicadas à mulher.

Só um homem sabe o quanto é confortável ser homem. Nenhum de nós se sente realmente obrigado a seguir as pressões sociais. Se eu não quiser fazer o que o senso comum manda, pouco importa. Não ligo para o fato de ter 30 anos e ainda não ter casado, não ter filhos. Essa é minha escolha, não da sociedade. E está tudo bem. Tenho poder sobre minha vida. O mesmo não acontece com as mulheres por estarem prisioneiras de um sistema que vem desde épocas remotas. Desde que o mundo é mundo, a mulher se sente ameaçada e se vê obrigada a aceitar imposições da sociedade, do estado, da igreja. Cabe a ela aprender a sentar sem revelar nada, não falar alto, não impor seu domínio, não ser líder, uma vez que este papel já está nas mãos dos homens.

1 a 1 a a a a esm sou estuprada porque.png

Jogamos em lados opostos, desde o tempo da escolinha. São meninas contra meninos, e por mais que as vezes elas vençam, no final das contas somos nós que nos sentimos sempre ganhadores.

Por falar em escolinha, como anda a educação deste país? A cultura da não-violência está sendo ensinada nas escolas? Há algo de ético sendo feito, ou estamos ensinando as pessoas a serem de "exatas" ou de "humanas" ao invés de ensinar a serem exatas e mais humanizadas? Há quem esteja defendendo o fim da "doutrinação comunista", ou seja, estão querendo tirar o ensino de sociologia e filosofia, o que já é raro nesse país.

O sistema educacional precisa ser modificado, mas não para pior. Um grande problema mora nesta questão. Qual político vai querer realizar uma mudança que só ofereça resultados a longuíssimo prazo? Se a educação da escola e de casa mudasse hoje para melhor, quantos anos levariam pra haver resultados? Muitos anos, mas precisa ser feito.

Já passou da hora de ensinar os meninos o que significa a palavra respeito, ensinar que o corpo e a vida da mulher são da própria mulher e não podem ser invadidos, da mesma forma que acontece com o corpo e a vontade do homem. Passou da hora também das mulheres (as machistas) perceberem que devem ser líderes, vestirem-se como quiser, fazer tudo aquilo que desejarem para que possam ter uma vida digna, isenta de imposições, livre de qualquer coisa que possa pesar em suas costas.

1 a 1 a a a a esm ensine homens.png

Certamente trata-se de uma luta difícil que vem somar-se as tantas outras que elas já enfrentam. Mas tem que ser feito. Sejamos todos feministas, como proclamou Chimamanda Ngozi Adiche, em seu livro:

"A meu ver, feminista é o homem ou a mulher que diz: 'Sim, existe um problema de gênero ainda hoje e temos que resolvê-lo, temos que melhorar.' Todos nós, mulheres e homens temos que melhorar."

Imagens: COMPANHIA DAS LETRAS, RIBS, GOOGLE


JHONS CASSIMIRO

Escrevo sobre tudo que parece ter vida e conteúdo, e que sobretudo tem proveito..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/sociedade// @obvious, @obvioushp //JHONS CASSIMIRO