above all

Falar e pensar, sobretudo o que me interessa

JHONS CASSIMIRO

Escrevo sobre tudo que parece ter vida e conteúdo, e que sobretudo tem proveito.

O que virá?

Há de se agarrar nessa certeza: que as coisas futuras não precisam dar medo...


foto mar.jpg Foto: @jhons_cass

Só, percebe a si mesmo, tornando à vagar na inquietude da solidão.

Estava num passo revolto em busca de seu novo, a girar como multidões de pensantes estreitos.

Cansado como todos, iguais naquele mundo insone, não sabia mais onde queria chegar.

Se enchia de medo ao considerar que o mar estava pequeno e que não mais lhe iria comportar.

Como um esquema mal resolvido, estava a rodar como fosse multidões de pássaros perdidos ao tentar voltar para os seus ninhos.

Ao recrutar pensamentos, irrompe as manhãs pacíficas em busca de novos caminhos.

Ao chão, está o pé descalço, sentindo as entranhas das rugas do solo.

Aprende aonde deve pisar, entende as barreiras que precisa passar.

Ouve as vozes eloquentes dos canários a vibrar pelos anseios de novos destinos.

Resigna-se à grande jornada que precisa atravessar, beija as sombras das mortes à desafiar.

A ausência dos saberes do futuro não mais pode lhe assombrar.

É imensa como o mar que de tão gigante assusta, ao passo que sua suavidade acalanta a certeza de sua calma.

Há de se agarrar nessa certeza, que as coisas futuras não precisam dar medo, elas são imensas, profundas e escuras como as fúnebres águas do alto mar.

Mas vistas da praia, a certeza de sua imensidão se desfaz pelo espanto de caber dentro de nós.

O mar adentra pelos olhos, inunda a mente, avança mundo adentro.

Reencontra a vastidão oca do deserto das incertezas, preenche os espaços das dúvidas e não revela os incólumes segredos que no futuro virão.

Ao longe, os pássaros a cantar esperam e veem a vida regressar.

O recomeço é uma certeza viável.

Mais uma vez o barco vai ao mar mesmo sem saber o que virá.

00:00 h. Noite de natal de 2017


JHONS CASSIMIRO

Escrevo sobre tudo que parece ter vida e conteúdo, e que sobretudo tem proveito..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// //JHONS CASSIMIRO