João Paulo Mendez

Já quis ser punk, hippie e macumbeiro. Hoje não se limita a rotulos e aprendeu a não querer exceder expectativas, sabe sorrir do jeito certo e viver sem esperar por nada. Sabe dar bom dia e cativa sempre que pode.

Copa com planejamento e dinheiro no caixa

Cansamos de ouvir falar dos estádios e obras de infraestrutura atrasados nessa copa por aqui no Brasil, e o mais engraçado é que em nossas reformas e construções não temos nenhum projeto que encha os olhos por beleza ou design, uma realidade totalmente oposta à Catar no Oriente Médio que provavelmente irá sediar a copa em 2022 e já está tocando obras a pleno progresso, com projetos arquitetônicos baseados em sua cultura árabe que dão vontade de ver logo construídos.


qatar-chronicle-qatar-2022-stadiums.jpg

O Catar foi escolhido no fim de 2010 para o primeiro mundial interclubes no Oriente Médio. A copa de 2022, já esta com projetos prontos e obras em progresso. É possivél que todo esse projeto arquitetônico não se realize pois nesse primeiro de junho a organização futebolística do Catar foi acusada por um jornal inglês de comprar as eleições da fifa, um inquérito foi aberto e será resolvido até julho deste ano, mesmo assim a arquitetura dos estádios chega a assustar pois o país tem aproximadamente o dobro do tamanho do Distrito Federal e irá abrigar 12 estádios em 7 cidades sede.

622_41ffd97a-5012-309a-bd32-aeecc627c265.gif.jpg

Até 2022 a pequena península que invade o Golfo Pérsico, vinda da Arábia Saudita, tem problemas a resolver como a econômia acelerada; falta de mão de obra, a pequena população, mais ou menos 2 milhões de habitantes que não conseguem atender a demanda de trabalho, muitos trabalhadores vem de paises estrangeiros para atender essa demanda de serviço seguindo contratatos de construtoras que os deixam em péssimas condições trabalhistas mas não cabe entrar nesse ponto; o clima, que alterou o acontecimento mundial para os meses de novembro/dezembro pois nos meses de junho/julho é verão no hemisfério norte e no Catar a temperatura pode chegar a 50°C; o pequeno territorio e a falta de perspectiva do país em conseguir formar uma seleção minimamente competitiva. Porem, o Catar será uma sede muito menos problemática que o Brasil para a Fifa pois por lá está sobrando dinheiro, o PIB do Catar é de US$ 182 bilhões, e é a mais alta renda per capita do mundo. Nos próximos oito anos, grande parte do produto interno bruto do país será destinada ao esforço de entregar estádios e infraestrutura. Projetam-se investimentos de US$450 bilhões.

Cores sem muita luz dão um sentido de uniformidade ao Catar, como se não houvesse contrastes na rica nação. A cor da areia e das rochas é repetida em todas as edificações, para diminuir os efeitos do sol.

doha-catar-foto-google-imagens-550x358.jpg

A segurança é alvo de pouquíssima preocupação, terrorismo é um assunto tabu mas o país não tem o histórico de atentados. Não se deve esperar protestos ou reação negativa da população O Catar é uma monarquia absolutista.

Os estádios serão entregues com antecedência. A expectativa é que o último fique pronto em 2020, estarão quase todos localizados a poucos quilômetros um do outro. Todos vão utilizar a potência dos raios solares para conversão de energia solar em energia elétrica. Quando os jogos não estiverem ocorrendo, as instalações de energia solar nos estádios vão exportar energia para a rede elétrica.

O novo Lusail Iconic Stadium, com capacidade de 86.250, será a sede da abertura e partidas finais. Localizado em Lusail City, o estádio tem a sua inspiração a partir da vela de um barco tradicional e está rodeado por água. Após a Copa, o estádio será usado para hospedar um clube esportivo, e outros eventos culturais.

17196872525atm14fdgt.jpg

O Doha Stadium Porto é um novo projeto e será um estádio totalmente modular, com 44.950 lugares. Ele vai se localizar em uma península artificial, é desenhado para parecer um animal marinho. A água do Golfo Pérsico decorrerá ao longo de sua fachada exterior, auxiliando no processo de refrigeração e aumentando o seu fascínio visual. Os fãs terão a opção de chegar em um táxi aquático ou balsa. Após a copa do mundo o estádio inteiro vai ser desmontado e enviado para os bancos dos países em desenvolvimento para promover o seu desenvolvimento do futebol.

dasdasdasda.jpg

dasdadasd.jpg

O Sports City Stadium inspira-se nas tradicionais tendas árabes, ele terá 47.560 lugares. Um teto parcialmente retrátil chamado de o "breu" é uma das atrações. Farão de suas instalações um estádio multi-uso no Catar. As características inovadoras do estádio irão torná-lo um local ideal para jogos de futebol, mas também concertos, shows, espetáculos teatrais e outros momentos não-relacionados a eventos esportivos.

16535610591atm14gfhfr.jpg

New_Sports_City_aerial.jpg

Education City Stadium assume a forma de um diamante irregular, brilho de dia e a noite. O estádio de 45.350 lugares, será localizado no meio de vários campus universitários na cidade, facilmente acessível para os fãs tanto no Catar e no vizinho Barein. Após o mundial, o estádio irá reter 25 mil assentos para uso pelas equipes de atletismo da universidade.

17196916372atm14weqr.jpg

O Umm Slal Stadium, localizado nos arredores de uma das fortalezas mais importantes historicamente do Catar, terá 45.120 lugares. O projeto é uma interpretação moderna de tradicionais fortalezas árabes. Após a copa a lotação será reduzida para 25.500. O estádio será utilizado pelo Umm Slal FC.

16535637158atm14hjhg.jpg

Substituindo um estádio pequeno existente dentro de um campus da universidade do Catar o Qatar Universitary Stadium terá 43.520 lugares. As placas fazem misturas de fachadas padrões tradicionais árabes geométricas com superfícies de forma livre aberta, evocando contruções do passado e do futuro. O estádio será utilizado por times da faculdade após o mundial da fifa, com sua capacidade reduzida para 23.500 expectadores.

16535607343atm14ytryu8.jpg

A capacidade de 21.175 pessoas no Al-Gharafa Stadium já existente na capital Doha será ampliada para 44.740 lugares utilizando elementos modulares que formam uma camada superior. A fachada será composta de bandeiras que representarão as nações que se qualificaram para a Copa de 2022 e será o símbolo da amizade mútua, tolerância e respeito que o torneio representa. O estádio vai ser diminuído para a capacidade pré-existente após o torneio ter terminado.

1653548-1343-atm14.jpg

Al-Khor Stadium tem por marca de 45.330 espectadores em sua capacidade de projeto, o estádio novo é como uma concha, tem seu teto flexível e os assentos permanentes do nível inferior a 25.500 lugares, sua camada superior é modular com 19.830 lugares. O estádio oferece aos espectadores uma vista deslumbrante sobre o Golfo Pérsico a partir de seus lugares e será localizado em uma zona de esportes e recreação.

16535495128atm14lui.jpg

O atual Estádio do Al-Rayyan, com uma capacidade de 21.282 será ampliada para 44.740 lugares utilizando elementos modulares para formar um nível superior. O estádio foi projetado com um "meia membrana" uma fachada especial que age como uma tela para projeção, novidades, atualizações e jogos atuais. O estádio será reduzido a sua capacidade atual, após o torneio.

16535515652atm14hjy.jpg

Al-Wakrah é uma das cidades mais antigas do Catar, com uma longa história da pesca comercial, de mergulho e produção de pérola. Al-Wakrah Stadium, com capacidade de 45.120, segue as pistas do mar que tem desempenhado um papel tão importante na história da cidade. Após a Copa, a capacidade do estádio será reduzida para 25.500 lugares.

16535546906atm14dfgfd.jpg

Al-Shamal Stadium terá uma capacidade de 45.120, com um permanente nível inferior de 25.500 lugares e um modular com camada superior de 19.620. A forma estádios é derivada do barco de pesca "dhow" usado no Golfo. Os espectadores são esperados para chegar a partir da via expressa de Doha, os táxis da água, o Bahrain, Catar ponte da amizade e do novo metrô que faz parte dos projetos de infraestrutura do país.

16535521721atm14trts6.jpg

Reestruturado para abrigar os jogos asiáticos de 2006, a capacidade atual do Khalifa International Stadium é de 50.000 e será expandido para 68.030 para o mundial de 2022. O estádio, que inclui arcos de varrição e fica parcialmente coberto, é o centro do aspire zone, um complexo desportivo que inclui a "Academia Aspire de Excelência Esportiva" e a , "Esportes ASPETAR Medicina Hospitalar" e muitas outras instalações desportivas do Catar.

17196958125atm14.jpg

Até a bola rolar para a partida inaugural, o Catar tem tempo para resolver seus problemas e provar que venceu as eleições da fifa de forma honesta. A mesma disposição que nós encontramos no Brasil a contragosto para se abrir ao mundo não deve faltar aos Catarianos, que não apenas aceitam a presença do ocidente como desejam o intercâmbio cultural que ele traz. É provável alguns numeros encontrados neste artigo sejam especulativos, e esse conteúdo pode mudar drasticamente à medida que novas informações estiverem disponíveis, afinal ainda falta um tempo pra vermos estas magníficas obras de pé.


João Paulo Mendez

Já quis ser punk, hippie e macumbeiro. Hoje não se limita a rotulos e aprendeu a não querer exceder expectativas, sabe sorrir do jeito certo e viver sem esperar por nada. Sabe dar bom dia e cativa sempre que pode. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/arquitetura// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //João Paulo Mendez