Christine Alencar

Melomaníaca, nordestina sem sotaque, aprendiz de escritora. Futura mochileira e talvez um dia, esposa do Marcos Ramos.

E se ele disser SIM?

E quando você espera por algo há tanto tempo, que quando ela fica próxima de acontecer, você simplesmente não tem mais tanta certeza assim de que era o que procurava, por medo de não saber como reagir?


tumblr_npn3j3To2Y1tf011so1_1280.jpg

E se em um surto de insanidade e impulso ele responder que sim? Se ele resolver se jogar de cabeça nessa loucura, assim como você diz estar disposta a se jogar? E se ele baixar a guarda, se desarmar e se entregar nessa história? Se ele deixar de sentir medo e começar a sentir em você, o porto seguro onde ele possa atracar, mesmo quando não houver tempestades à vista?

E se ele simplesmente disser sim, em meio a tantos “nãos”, em meio a tanta negação, verdades disfarçadas de pequenas brincadeiras e jogos de palavras? E se pela primeira vez, alguém estiver disposto a dividir a sua coca-cola, seu subway, o suco de limão com álcool, ou uma cama quentinha em um sábado à noite com você?

E se ele disser sim pra vocês, pra uma história que as vezes parece tão surreal e impossível, mas que ao mesmo tempo é tão apaixonante e inacreditável? E se ele passar a enxergar o que tem acontecido com vocês, como você enxerga? E se ao contrário do que você pensa, você não for uma Dahmer pra ele, e sim uma Dobler? E se a teoria da azeitona for verdade e ele for seu par perfeito e apenas disser SIM? Você está pronta para ouvir? Você que diz querer tanto, vai conseguir lidar com tudo o que essas três letrinhas podem começar?

As pessoas dizem que o ser humano não sabe receber um “não”, que é difícil, mas você já recebeu tantos, mais do que pode contar. Já espera por ele sempre, e olhando assim, parece ser muito mais complicado e assustador receber um sim, mesmo você dando tantos.

Um sim abre portas, abre corações, começa histórias, começa vidas, e o que vem depois que as portas e corações se abrem, histórias e vidas começam, é o desconhecido, que pode ser simplesmente tão maravilhoso quanto receber um SIM, mesmo que um pouco assustador no começo.

E se ele disser SIM?


Christine Alencar

Melomaníaca, nordestina sem sotaque, aprendiz de escritora. Futura mochileira e talvez um dia, esposa do Marcos Ramos..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Christine Alencar