animus movendi

Relativizando o movimento e o referencial

LuhanaSP

Palavras libertam sentimentos - movimento contínuo

Como pode o peixe vivo viver fora d`água fria?

Um profissional que prima pela evolução e crescimento da aplicabilidade dos grafismos e ilustrações. É perceptível que o trabalho deste artista está permeado pelo entusiasmo, vontade de inovar e transmitir uma mensagem potencialmente expressiva.


reunião-da-ideias.jpg

Perceber o traço tomando forma, as formas se destacando como arte diante dos seus olhos enquanto o lápis risca o papel. Desenhar é também representar os objetos e a realidade, mas é uma janela aberta, por meio de linhas e sombras, delineação de contornos, transformação dos riscos e hachuras em figuras vivas, com uma vista panorâmica para a imaginação.

Rodisley da Silva

Filho de desenhista que cresceu envolvido por um cotidiano artístico, assistindo o pai trabalhar – seu ofício: a arte e suas possibilidades – quando começou a vida profissional e independente, ficou claro, ele era “um filho de peixe”.

Um profissional que prima pela evolução e crescimento da aplicabilidade dos grafismos e ilustrações. É perceptível que o trabalho deste artista está permeado pelo entusiasmo, vontade de inovar e transmitir uma mensagem potencialmente expressiva. “Preciso aprender e melhorar muito [...] Acredito que essa fase de aprendizado não vai acabar nunca”.

O processo criativo é múltiplo e, de acordo com o Rodisley, pode variar dependendo da pretensão do trabalho. Pode evoluir a partir de um briefing, temas propostos, ou desafios. O designer não elege temas favoritos, ou técnicas a serem utilizadas, mas define o seu estilo como realista. A execução nasce através dos vários rascunhos com lápis e papel, em seguida a ilustração é definida e escaneada, com o auxílio de um tablet e caneta gráfica é feita a arte final. Também são utilizados os métodos do lápis 2b e 6b sobre papel Canson 200gm e colorização digital, via photoshop. Foram citados os programas Adobe Photoshop, Corel Draw e Corel Painter, como ferramentas auxiliares na criação das ilustrações.

Quanto ao tempo da gestação, o Rodisley revelou que não é possível fazer previsões, pois, já vivenciou experiências criativas que duraram dias e outras que ficaram prontas em menos de 10 minutos. E sentenciou: “Costumo dizer que o tempo que se leva para executar um trabalho, não define o seu valor.”

Diante de uma ilustração, arte final concluída e pronta para ser divulgada, o desenhista é cauteloso e receptivo a todos os tipos de críticas, sobretudo às negativas, porque ele acredita que este tipo de crítica pode propiciar o crescimento e a melhora aos que têm ouvidos atentos. Parece o início da síndrome que acomete muitos artistas: a melhor obra é aquela que ainda está por ser feita, ainda virá.

Uma pequena amostra de talento:

“Reunião de idéias”

Sem nenhuma ideia surgia a ideia de representar esta situação – um paradoxo que rompeu o bloqueio criativo. Marca uma nova fase do trabalho do Rodisley - a primeira estampa aprovada pelo site de camisetas - www.camiseteria.com.

“The Beauty of Origami”

origami.jpg

Cultura oriental, beleza e simplicidade - O Japão e os origamis.

“Lixo da Morte”

lixo da morte.jpg

“Um alerta para um mundo melhor com sustentabilidade.” Uma ilustração vencedora do concurso de estampas promovida pelo HSBC em parceria com o site camiseteria.

“Chill down my spine”

frio na espinha.jpg

Quem nunca sentiu um friozinho na espinha?

“Black Stripe”

devaneio e loucura.jpg

“Devaneios. Ninguém está livre, estamos todos à margem da loucura, sob a luz da insanidade, seja ela imaginária ou real”.

Flickr: www.flickr.com/photos/[email protected]/ Blog: www.rodisley.blogspot.com


LuhanaSP

Palavras libertam sentimentos - movimento contínuo.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/Artes// @destaque, @obvious //LuhanaSP