animus movendi

Relativizando o movimento e o referencial

LuhanaSP

Palavras libertam sentimentos - movimento contínuo

Os gatos de Aldemir Martins

Aldemir Martins quando perguntado sobre o que ele quis dizer com sua obra: "Que o mundo é bonito".


Aldemir Martins-gato.jpg

Aldemir Martins-gatoII.jpg

gato Aldemir Martins.jpg

aldemir-martins3.jpg

Aldemir Martins-gato sentado.jpg

O artista brasileiro Aldemir Martins nasceu em Ingazeiras, no Ceará, em 1922 – ano muito importante para a identidade da arte brasileira. Muito talentoso, participou de diversas exposições, no país e no exterior, revelando produção artística diversificada.

Sua técnica e expressão criativa compreendem elementos da pintura, gravura, desenho, cerâmica e escultura. Com o traço característico da inovação, apresentou propostas de constante experimentação: o artista trabalhou com os mais diferentes tipos de superfície, de pequenas madeiras, papéis de carta, cartões, telas de linho, juta e tecidos variados – até mesmo sem preparação da base de tela, sem perder o registro e o reconhecimento da sua obra.

Em 1946, já era considerado um dos mais respeitados artistas plásticos brasileiros. Dez anos depois, consagrou-se ao ser escolhido para receber o prêmio de melhor desenho na Bienal de Veneza de 1956. Seus traços fortes e tons vibrantes demonstram a força da sua arte e um estilo que o tornou inconfundível. Sempre defendeu temas ligados à natureza e ao povo do lugar, extrapolando o eixo temático para agregar a vitalidade das cores e luzes, como características próprias da sua cultura. Por isso, Aldemir é um dos artistas mais conhecidos e próximos do público, bem conceituado no meio artístico e pelo apreciador leigo, por ter estabelecido ideias e parâmetros que popularizaram a sua produção.


LuhanaSP

Palavras libertam sentimentos - movimento contínuo.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/Artes// @destaque, @obvious //LuhanaSP