animus movendi

Relativizando o movimento e o referencial

LuhanaSP

Palavras libertam sentimentos - movimento contínuo

Orquestra e juventude

Uma orquestra é formada quando um conjunto de músicos estão preparados para a execução de um concerto, ou peça musical, e se mostram capazes de acompanhar cantores, solistas, com o domínio da leitura e instrumental de uma partitura. A orquestra pode crescer e extrapolar os limites do próprio conceito passando a representar um excelente exemplo de integração social, educação e cidadania, um elemento transformador.


NEOJIBA é um projeto que representa grandes possibilidades para jovens e crianças através da prática coletiva da música e uma proposta de desenvolvimento pleno de suas capacidades. Tem obtido ótimos resultados técnicos na formação de músicos das suas orquestras.

Neojiba Orquestra Juvenil da BAhia - Crédito Tatiana Golsman.JPG

Um programa que proporciona com a gratuidade e excelência: boas ferramentas de ajuste social, instrumentos musicais para a prática orquestral, material pedagógico, ensino de prática e teoria musical dispensados por profissionais qualificados, auxílio transporte e lanche. Para os integrantes do Núcleo de Gestão e Formação são disponibilizadas bolsas.

neojiba_concerto_natal_2011_03.JPGNEOJIBA ©

Programa pioneiro no Brasil, gerido pelo Instituto Ação Social Pela Música – IASPM, o NEOJIBA é fundamentado no “El Sistema”, reconhecido programa venezuelano criado em 1975 e que hoje conta com mais de 350 mil jovens e crianças e mais de 180 orquestras em todo o país. O NEOJIBA conta com um Núcleo de Gestão e Formação Profissional - NGF, em funcionamento no Teatro Castro Alves, onde diariamente ensaiam suas principais orquestras, com integrantes entre 9 e 28 anos: a Orquestra Sinfônica Juvenil 2 de Julho (J2J), com cerca de 90 músicos e a Orquestra Castro Alves (OCA) com 80 integrantes. Além do funcionamento da Orquestra Pedagógica Experimental – OPE, que capacita músicos entre 7 e 15 anos em instrumentos de cordas e um coral com 40 jovens. Dispõe de três Núcleos de Prática Orquestral e Coral.

neojiba--.JPGNEOJIBA ©

A Orquestra Juvenil da Bahia (Youth Orchestra of Bahia – YOBA), grupo formado pelos 100 melhores integrantes do NEOJIBA, foi a 1ª orquestra sinfônica juvenil do Brasil a se apresentar na Europa, no Queen Elizabeth Hall de Londres e no Centro Cultural de Belém em Lisboa. Entre realizações importantes, destacam-se concertos em salas de prestígio: uma apresentação com o pianista Lang Lang no Royal Festival Hall de Londres, concertos na Konzerthaus em Berlin e no Victoria Hall de Genebra, com Maria João Pires, na Sala São Paulo, teve como solista o violinista Shlomo Mintz.

NEOJIBA_créditos-Tatiana-Golsman_.jpgNEOJIBA ©

Em 2013 foi lançado o “Bahia Orchestra Project”, com o foco na versatilidade e capacidade de integração dos jovens músicos do NEOJIBA, ampliando as possibilidades das apresentações, com a variedade de estilos, interpretações e mistura dos repertórios tradicional sinfônico e popular.

neojiba-yuri-azevedo_01.jpgNEOJIBA ©

Mais sobre o NEOJIBA


LuhanaSP

Palavras libertam sentimentos - movimento contínuo.
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/musica// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //LuhanaSP