Anna Anjos

Anna Anjos é ilustradora e artista visual. Apaixonada por música, mitologia, folclore e antropologia cultural. | www.annaanjos.com

A Lapa multicolorida de Selarón

Localizada no bairro da Lapa, no centro da boemia carioca, o que antes era uma escadaria suja e mal conservada, nas mãos do artista chileno Jorge Selarón transformou-se em um ambiente vivo, colorido e cheio de histórias. Desde então, a escadaria Selarón, como ficou conhecida, tornou-se um dos cartões postais da cidade.


escadaria1.jpg

Além dos símbolos brasileiros mundialmente conhecidos como a praia de Copacabana, o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar (os dois primeiros eternizados nas músicas de Tom Jobim e, o terceiro, na letra do tremendão Erasmo Carlos), há diversos outros lugares na cidade do Rio de Janeiro igualmente belos, mas desconhecidos por alguns. Localizada entre a rua Teotônio Regadas e o Convento de Santa Teresa, o que antes era uma escadaria suja e mal conservada, nas mãos do artista chileno Jorge Selarón transformou-se em um ambiente multicolorido e cheio de histórias. Desde então, a escadaria Selarón, como ficou conhecida, tornou-se um dos pontos turísticos mais visitados do bairro da Lapa, no centro da boemia carioca.

Ceramista e pintor autodidata, Selarón participou de inúmeras exposições na Europa, México, Nova York, Índia e Panamá, antes de radicar-se no Brasil, em 1990. A ideia de ornamentar a escadaria surgiu por ocasião da Copa do Mundo de 1994, momento que Selarón achou propício para homenagear o país tetracampeão que havia escolhido para morar (e no qual viveria por mais de vinte anos, até seu falecimento, no início de 2013).

Escalera_Seleron.jpegEscadaria Selarón - Lapa, Rio de Janeiro

Escadaria-Selaron-RJ-08.01.11-8-e1349287411139.jpgDetalhe da escadaria Selarón - Lapa, Rio de Janeiro

O artista começou, então, a decorar cada degrau com telhas recicladas, azulejos de cerâmica e espelhos, materiais que encontrava próximos a construções na cidade. "Para mim, as escadas são como uma mulher que nunca está satisfeita. Assim que se inclui uma peça nova, ela quer uma nova, e uma nova. Tornou-se mimada, sempre querendo telhas novas, mais atenção e admiração", disse Selarón certa vez.

Para ornamentar os 215 degraus do conjunto de escadas (cerca de 400 metros de comprimento), Selarón valeu-se das cores da bandeira brasileira e de mais de 2.000 azulejos de mais de 60 países, dentre eles, África do Sul, Finlândia, Índia, Irã, Irlanda, Paquistão e Nigéria. Alterados periodicamente pelo próprio artista, os azulejos tornaram a escadaria da Lapa uma verdadeira obra de arte viva e mutante: "Todo mundo reconhece a imagem da escada, mas poucas pessoas conhecem sua história", disse ele. "Atrás de cada azulejo é uma história. Eu tive mais de 4.000 azulejos colocados nestas escadas desde que eu comecei, tenho mais de 4.000 histórias que eu poderia te contar."

32Brazil~020Rio_de_Janeiro~120Lapa~800Escadaria_Selaron~104Escadaria_Selaron_3.jpgDetalhe da escadaria Selarón - Lapa, Rio de Janeiro

riodejaneiro-selaron02.jpgDetalhe da escadaria Selarón - Lapa, Rio de Janeiro

Algumas peças que compõem a escadaria Selarón representam tanto ícones religiosos quanto símbolos tradicionais de diversos países, outras parecem retificar pinturas desgastadas pela ação do tempo. Diferentemente destes azulejos (praticamente todos coloridos, a maioria deles doados por turistas), o tema recorrente de todos os azulejos pintados à mão por Selarón em preto e amarelo é o da mulher negra grávida, que denuncia a marginalização das mulheres e crianças que vivem nas favelas do Rio de Janeiro.

55869493_cb785b2a65.jpgDetalhe de azulejo pintado à mão por Selarón - Lapa, Rio de Janeiro

A famosa escadaria Selarón ganhou repercussão internacional e foi divulgada em diversos meios de comunicação, como programas de viagens, comerciais e documentários; dentre eles, "A maior escultura no mundo feita por uma única pessoa", matéria realizada pela National Geographic, da qual o artista chileno se orgulhava, dentre tantos outros recortes elogiosos sobre seu feito. O cuidado de Selarón com a escadaria como se fosse uma extensão de sua casa foi reconhecido também em 2005, quando o artista recebeu a Medalha Pedro Ernesto, a maior comenda concedida pelo estado do Rio de Janeiro, nomeando Jorge Selarón como Cidadão Honorário do Município do Rio de Janeiro.

Escadaria_Selarón_.JPGDetalhe da escadaria Selarón - Lapa, Rio de Janeiro

O lugar também foi palco para a gravação do clipe da música Beautiful, de Snoop Dogg e Pharell Williams. Desde então, U2, Flo Rida e até mesmo gravações do novo filme O Incrível Hulk 2 (para mencionar alguns) têm incluído as escadas coloridas de Selarón em seus vídeos, filmes e revistas. "Coisas como essa podem acontecer aqui, porque essas escadas têm alma", declarou Selarón.

Muito além do que acreditava o artista, que disse certa vez que "o sonho louco e original só acabaria no dia de sua morte" (referindo-se ao processo constante de ornamentação e reparo das escadas da Lapa), todas as cores e formas dos azulejos que compõem o extenso mosaico continuarão participando ativamente da atmosfera lúdica da cidade, alimentando de histórias quem passar por lá.


Anna Anjos

Anna Anjos é ilustradora e artista visual. Apaixonada por música, mitologia, folclore e antropologia cultural. | www.annaanjos.com.
Saiba como escrever na obvious.
version 6/s/artes & ideias// @destaque, @obvious //Anna Anjos
Site Meter