Ana Filipa Carvalho

Estudante de Belas-Artes apreciadora de todas as formas mágicas de Arte mas com um fraquinho enorme por música.

Matteo Pugliese - A prisão do corpo humano

Matteo Pugliese é um talentoso escultor italiano que constroi belos corpos aprisionados em paredes. O efeito é espetacular.


Barriera bronze.jpg

Matteo Pugliese é um escultor italiano nascido em Milão em 1969. Em 1978 a sua família mudou-se para a Sardenha onde Matteo viveu durante doze anos. Durante esse tempo ele desenvolveu uma paixão intensa pelo desenho e pela escultura e continuou o seu trabalho artístico sem ter tido alguma formação na área. Depois de acabar a escola secundária em Cagliari sobre Estudos Clássicos, Matteo volta para Milão e frequenta então a universidade. Em 1995 se licencia em Literatura Moderna e a sua tese é sobre Crítica de Arte.

Encorajado por amigos, em 2001 organiza e financia a sua primeira exposição a solo no centro de Milão. Apenas 18 meses mais tarde inaugura a sua primeira exposição oficial numa galeria de arte em Brera, Milão sendo que passado uns meses, inaugura outra exposição individual em Bruxelas. Atualmente as suas obras estão expostas em vários museus em toda a Itália e nas maiores cidades do mundo. As suas obras têm sido vendidas com considerável sucesso em algumas das casas de arte mais prestigiadas do mundo como a Christie´s, Sotheby´s ou Pandolfini. Vive e trabalha em Milão. *

05_02.jpg

06_09.jpg

Na sua série intitulada “Extra Moenia”, Matteo realizou cerca de cem esculturas durante doze anos, que emergem e se afundam na parede, caracterizando-se estas por um excelente domínio da anatomia humana e pelas belas poses masculinas. Elaborando as várias partes do corpo humano separadamente, é dada a ilusão de alguém aprisionado á parede, numa dança de espaços negativos e matéria que é belíssima.Feitas em bronze, a ideia clássica que transparece funde-se com o modernismo escultórico e o efeito é fantástico. Os efeitos luz-sombra navegam sobre as curvas do corpo e o impacto de quem vê as peças nas paredes do museu dá-nos a sensação de estarmos perante uma prisão invisível de estuque em que estas extraordinárias figuras se tentam evadir.

08_11.jpg

matteo-pugliese.jpg

MP 2.jpg

Matteo-Pugliese-7.jpg

Eis dois trabalhos de outras séries de Matteo Pugliese igualmente fascinantes e que vale a pena descobrir:

Memento A-Mori Ivory Ediction de 2010 em bronze

17.jpg

Sott´Acqua III de 2005 em alumínio

13.jpg

* Fonte - Website oficial do artista - http://www.matteopugliese.com


Ana Filipa Carvalho

Estudante de Belas-Artes apreciadora de todas as formas mágicas de Arte mas com um fraquinho enorme por música..
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/// @destaque, @obvious //Ana Filipa Carvalho