Felippe Fiori

Prefere entender um pouco de tudo, do que tudo de um pouco.

A incrível arte amadora de Cuba

A arte amadora pulsante em Havana é reflexo de uma peculiar situação social, que resulta em um mar de pequenas galerias ao céu aberto.



fotocapa.jpg Fotografia: Felippe Fiori

Cuba é um país recordado por todos devido a sua orientação política, que de fato é uma das suas características mais marcantes, mas não levando em conta o debate sócio-político que sempre vem à tona ao mencionar o país caribenho, vale destacar que este país tem outras peculiaridades interessantes, como o “amor cubano” em produzir arte.

Ao caminhar por Havana Vieja (Velha Havana), centro histórico da capital deste país, além de vivenciar a história ainda pulsante em suas razoavelmente conservadas construções, é possível se deparar, frequentemente, com pequenas galerias de arte ao céu aberto. É muito comum ver estas galerias vendendo dezenas de quadros & telas originais, cada um com a sua técnica e devida inspiração, que na maioria dos casos é a própria cidade de Havana.

foto1.jpg Fotografia: Felippe Fiori

O interessante é a qualidade apresentada pelos artistas cubanos, e que esta qualidade vem mais de sua necessidade do que inspiração, não entendeu? Explico: Cuba é um país cujo salário máximo atinge o valor aproximado de 45 dólares, dependendo do câmbio, assim alguns cubanos acreditam ser mais vantajoso viver de gorjetas que recebem dos turistas, ou da venda de sua arte. Este processo que não é controlado pelo governo, por ser atrativo turístico da ilha. Portanto é trivial encontrar uma engenheira que abandonou a carreira para pintar, cantar ou entreter os visitantes.

Dimensionado este fato, a concorrência pela fabricação de arte é grande, pois se destacar entre um mar de artistas amadores não é fácil, e o resultado disto são excelentes obras. O preço de uma tela, por exemplo, varia de 20 à 80 dólares, tudo altamente negociável.

foto2.jpg Fotografia: Felippe Fiori

Viajar para Cuba em período de férias é uma decisão incomum ainda entre brasileiros, talvez a falta de informação sobre o país e as facilidades de viajar para outros lugares afastem um publico da ilha, mas a singularidade em todos os aspectos é um fator incrível sobre Cuba, além da sua valiosa arte amadora de rua.

Felippe Fiori

Prefere entender um pouco de tudo, do que tudo de um pouco. .
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x1
 
Site Meter