arbitrário

música, cinema & cultura pop

Wellington Almeida

Paulista de nascimento e cigano de coração, mudou-se no Inverno de 2002 para a ensolarada capital portuguesa mas só em 2009 encontrou o seu "lar doce lar" em Berlim. Considera-se um misantropo full-time mas assume que tem muitos dias de Amélie Poulain

  • Snowtown 1.jpg
    Snowtown Murders - um pesadelo australiano

    No filme de estreia do australiano Justin Kurzel não existe a caricatura, é "real life".

  • 3.jpg
    Para corações fortes: 'The Woman' de Lucky Mckee

    Estreado em 2011 no festival de Sundance, ‘The Woman’ conta a história de uma família de uma pequena cidade americana que rapta uma mulher selvagem num bosque e tenta domesticá-la a força. O filme causou muito barulho por onde passou e dividiu plateias, que acusaram-no de misógino e ultraviolento.

  • tumblr_m4wp8oSSab1r3hcgs.jpg
    Humanæ - catalogando as nossas cores

    A artista e fotógrafa carioca, Angélica Dass, teve uma ideia ambiciosa e genial: catalogar todos os tons possíveis da pele humana. Ou nas palavras da própria "um inventário cromático sobre as cores além das fronteiras de nossos códigos". E para o projeto usou como referência o sistema de cores PANTONE®.

  • her4.jpg
    Her - somos todos Theodore

    Em "Her" o novo filme de Spike Jonze, Joaquim Phoenix vive um escritor profissional de cartas de amor que se apaixona pela voz do sistema operacional do seu computador, Samantha (brilhante caracterização na voz de Scarlett Johansson) e Jonze faz uma parábola de todos nós, cada vez mais dependentes do universo digital.

  • contagion-front.jpg
    Contágio de Steven Soderbergh
    Seja qual das formas que você chegar a Contágio prepare-se: é uma armadilha. No bom e no mau sentido. O novo filme de Steven Soderbergh frustra qualquer das expectativas criadas em torno dele. Seja quem vem a procura de cinemão americano de ...
  • 1240743413_history.jpg
    O mp3 e o Controller.Controller

    Desde que apareceu, o mp3 nos reeducou a ouvir música e, mais importante, nos reeducou a consumir música.Da imensidão de opções que começou a pipocar por todos os canais online, não ficaram apenas as bandas de verdadeira relevância - como era de se esperar - mas sim as que tiveram sorte. E nesse percurso tortuoso da era digital, os canadenses do Controller.Controller foram umas das grandes bandas da década que não teve a mesma sorte.

  • django3.jpg
    Django Livre - Tarantino cresceu e ficou velho

    Tarantino provou com Django Unchained o que já tinha ameaçado lá atrás com «Bastardos Inglórios»: que agora quer ser um cineasta político. E para isso, colocou Jamie Foxx no papel do ex-escravo que quer expiar todos os pecados da América, fazendo assim o seu filme mais "adulto". Só que esse amadurecimento não fez bem ao diretor, e o gosto amargo na garganta que fica após ver o filme, é desconfortavelmente indisfarçável.

  • Fiona-Apple-The-Idler-Wheel-album-cover-400x400.jpg
    Podcast - melhores discos e músicas de 2012

    Foi um ano rico para a música indie e pop de 2012. Artistas novos e consagrados disputaram a nossa atenção nesse ano que passou e desse mar de novidades e preciosidades pop muita coisa se sobressaiu. Da promessa de um grande projeto (e disco de estreia) como os canadenses AroarA até a artistas veteranos como Fiona Apple e St. Vincent, esta seleção aqui é o supra sumo da música mais ou menos alternativa do ano que nos deixou. Boa escuta!

  • POLIÇA-anymore.tv_.jpg
    Poliça - o segredo mais bem guardado do ano

    Flertando com a RnB, a percussão e o Auto-Tune, os Poliça - quarteto de Minneápolis liderado pela carismática Channy Leanagh - estream com um dos discos mais hypados de 2012: Give You The Ghost. Jay-Z já disse no seu blogue que é fã e Bon Iver se empolgou alegando que "era a melhor banda que ele já ouviu na vida". Depois da aclamação no mercado norte-americano, a banda parte em turnê pela Europa e está pronta para ganhar o mundo.

  • gossip 2012.jpg
    Quem tem medo de Beth Ditto?

    É possível para uma banda indie se manter fiel ao seu público e à sua própria música durante toda uma carreira? Um overview pela discografia dos norte-americanos Gossip - do underground dos primeiros discos aos hits radiofônicos dos últimos - mostra que é preciso cortar o cordão umbilical com os fãs para a banda dar o salto decisivo em direção rumo ao estrelato. Mesmo que isso tenha um preço alto a se pagar.

  • flawless ninguem e perfeito.jpg
    Intocavéis - e o clichê das amizades improváveis

    «Intocáveis» é o inesperado sucesso francês da dupla Olivier Nakache e Éric Toledano que se junta à uma lista interminável de filmes que contam, pela enésima vez, a parábola politicamente correta da redenção através das amizades improváveis.

  • alexander-mcqueen-bjork.jpg
    Alexander McQueen - para além da moda

    A publicação de um livro de fotografia que acompanhou o trabalho de Alexander McQueen durante 13 anos e o anúncio do novo diretor de criação da McQ - a segunda linha da grife de McQueen - traz o gênio do designer inglês de volta aos holofotes e relembra-nos como sua obra influenciou a cultura pop.

  • we_need_to_talk_about_kevin03.jpg
    Precisamos Falar Sobre Kevin - O pecado de Eva

    «Temos de Falar Sobre Kevin» é um tour de force de Tilda Swinton, na pele de uma mãe que abandonou a carreira como escritora para se dedicar à vida doméstica e maternal. Só que dá à luz à personificação da maldade (Kevin) e através das memórias do passado busca entender a tragédia causada pelo filho na escola do bairro e se redimir da culpa que sente como figura central na educação do filho.

  • the-box-cameron-diaz-james-marsden-money-button.jpg
    O que terá acontecido a Richard kelly? Quando a maldição do cinema chega a vida real

    Em «A Caixa» Richard Kelly junta-se ao roll de profissionais do cinema que ficaram amaldiçoados por suas contribuições à sétima arte. Geralmente com um filme de muito sucesso, nunca mais conseguiram repetir o feito e se tornaram vítimas da sua própria arte.

  • 360 filme hopkins.jpg
    360: Quando Fernando Meirelles é um cineasta inofensível

    em «360» Fernando Meirelles constrói um filme mosaico que segue bem a cartilha do padrão hollywoodiano das fábulas que buscam a redenção e as situações-limite como sentido de existir. Mas a ideia falha e o filme nunca chega a concluir todas as histórias que pretende contar.