ariane feijó

Em busca de pequenas grandes ideias.

Ariane Feijó

Web série A.Lusitanicus chega ao Youtube com 2 mil anos de atraso

A.Lusitanicus nasce da vontade de trazer novidade, refrescar as ideias dos portugueses sobre Portugal e prepara-se para contar a história lusitana de A a Z, partindo do mais épico passado até ao mais bárbaro presente.


A piada em cima da piada que muitos (ainda) fazem dos portugueses, inclusive eles próprios, é proposital. Com dois mil anos de atraso, A.Lusitanicus é a primeira web série sobre a história da Península Ibérica e narra com um humor ácido e cheio de ironia as agruras de um povo que, de acordo com Julio César, "não se governa e não se deixa governar".

O argumento dos idealizadores, Duarte Neves e Elisa Generoso, é que mesmo 2 mil anos após esta constatação do imperador romano muito pouco, de fato, mudou em terras lusitanas.

A "série fora de série" portuguesa foi criada no passado, mas inspirada no presente. Ou inspirada no passado e criada no presente. A verdade é que a estagnação do país em função das sucessivas crises, assim como a insatisfação com o momento atual, os aumentos abusivos de impostos e outras questões menos prosaicas estão fazendo os portugueses rirem um pouco e não apenas cultivarem a melancolia tão cultural do país do Fado e dos descobrimentos.

As gravações começaram em fevereiro e agora, 3 meses depois, repercutem cada vez mais, com uma média de 10 mil visualizações por episódio - um volume considerável se levarmos em conta que a população inteira de Portugal tem cerca de 10 milhões de habitantes. Se depender da tirania de humor dos bárbaros personagens, em breve serão mais portugueses a assistir o A.Lusitanicos do que brasileiros a ver o Porta dos Fundos.

A primeira pré-temporada contou com 6 personagens principais, mas a dupla de criadores garante que, nos próximos episódios, romanos, tias, heróis que recebem por recibos verdes (a nossa RPA, no Brasil) e outras condições nada irônicas com a realidade vivida pelos portugueses devem entrar nas histórias. O sotaque brasileiro, claro, também aparece eventualmente e, no futuro, não é de nos supreender que um personagem de terras tupiniquins também faça parte da série.

Acompanhe:

Trailer | Facebook | Youtube | Twitter | Pinterest | Site | Frases do audax |


version 2/s/cinema// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Ariane Feijó