arquitexturas musicais e a vida...

Quando os sons que permeiam a vida arquitetam nossa forma de ser

Edgard Georges El Khouri

Arquiteto e urbanista, adicto musical.

Gosto da incisividade, não no sentido ferino, mas no encarar a realidade da metrópole como única possibilidade da melhoria urbana e social.

Ciclovias exigem educação, convivência e respeito

O reconhecimento da necessidade da convivência pacífica na metrópole entre os diversos modais de transporte e deslocamento, educação.


Images photos espagne 1382.jpg

A partir do anúncio pela Prefeitura de São Paulo da implantação de uma extensa rede cicloviária em São Paulo, suscitaram reações das mais diversas pela cidade. Daquelas fundamentadas às mais infundadas, esta iniciativa propiciou uma importante mexida no modus operandi no qual a cidade sempre esteve acostumada a lidar.

Nosso país sempre teve o transporte individual como prioridade, uma ênfase desde os tempos de Juscelino Kubitschek com a implantação das primeiras indústrias automobilísticas no Brasil. Mais do que um modal, o carro tornou-se um ícone simbólico de status, que dificilmente alguém não gostaria de lançar mão.

Márcio FernandesAE.jpg Ciclofaixa de lazer em São Paulo. Foto: Márcio Fernandes/AE

A criação anos atrás da ciclofaixa de lazer aos domingos, em São Paulo, foi uma boa oportunidade para o começo do cultivo desta necessária convivência. No entanto admito que fui um crítico ferrenho dessa escolha à época, pois sempre me pareceu uma forma demagógica de se substituir a ausência das ciclovias. Creio que eu não estava errado, pois o ritmo de implantação era irrisório e não se promoviam campanhas maciças de educação e esclarecimento.

Luiz Guadagnoli  Secom.jpg Trecho da ciclovia implantada em São Paulo. Foto: Luiz Guadagnoli/Secom

Mas uma cidade mais inclusiva deve ter seu foco no pedestre, e também, numa 'extensão' dele, no ciclista. Claro que não estou querendo comparar os modais de carros ou ônibus com as bicicletas, mas sim mostrar que um necessário equilíbrio na cidade deve e pode ser buscado. Para tal, deve-se ter bons projetos de ciclovias, integração entre si e com os modais de transporte coletivo como Metrô e ônibus, e... educação.

Se a iniciativa da prefeitura merece elogios, seja pela extensão desta rede em implantação quanto pela importância deste modal, que entre tantos benefícios proporciona saúde, lazer e menos poluição atmosférica, peca pela forma implantada. Um bom projeto de ciclovia, além das sinalizações necessárias, deve ser segregada, ou seja, protegida dos carros e ônibus. Nota-se claramente a vulnerabilidade com o qual o ciclista irá se defrontar na maior parte de sua extensão, vide um exemplo na foto anterior: não serão 'tartarugas' no asfalto que irão proteger o ciclista! No entanto, existem algumas poucas extensões em que a condição de ciclovia segregada existe.

Images photos espagne 1018.jpg Trecho de ciclovia da cidade de Sevilha, Espanha. Repare neste caso a segregação entre pedestres e ciclistas.

Já tivemos claros conflitos envolvendo ciclistas x carros, ciclistas x motos, ciclistas x ônibus, com acidentes inclusive. Previsíveis? Eu diria que sim, pois não existe em nossa cidade ou país a cultura dessa imperiosa convivência. E mesmo em Sevilha, notem na foto acima que existem pequenos 'postes' a proteger a ciclovia na interface com a rua.

Apenas como ilustração, já que isso também depende de vias segregadas ou calçadas largas e amplas: ainda em Sevilha, o exemplo da boa convivência marca-se também quando a ciclovia é apenas demarcada por "medalhões" com o símbolo consagrado aplicados ao piso, e ali circulam de forma misturada pedestres e ciclistas, sem conflitos, mas com muita atenção. É claramente notável a convivência pacífica e ordenada.

conv.jpg Ciclovia em Sevilha, Espanha: preservação da calçada original, marcação discreta e convivência harmoniosa.

Images photos espagne 1381.jpg

Para se conviver pacifica e harmoniosamente, seja numa metrópole como em qualquer outro lugar, há que se ter cultura, compreensão e respeito mútuo entre os diversos modais. O esclarecimento e educação são fundamentais, e isso se inicia pela correta administração pública, em todos os níveis. Não creio que seja pedir demais, apenas planejar, projetar e viver... divulgar, educar! Cabe responsabilidade a todos, principalmente de seus cidadãos.

Todas as fotos, à exceção daquelas com a devida citação, são de autoria de Edgard Georges El Khouri, copyright ®elkhouri


Edgard Georges El Khouri

Arquiteto e urbanista, adicto musical. Gosto da incisividade, não no sentido ferino, mas no encarar a realidade da metrópole como única possibilidade da melhoria urbana e social..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/arquitetura// @obvious, @obvioushp //Edgard Georges El Khouri