artefacto artefoto

O olhar perplexo de um Poeta diante da Vida

João Carlos Figueiredo

Um escritor e uma câmera: palavras ilustradas pela vivência cotidiana, cenários explicados pela expressão da alma... Artefacto servindo ao poeta: arte e foto num sincretismo que se entrelaça nas relações deste escritor com o mundo que o rodeia e perverte...

  • Avatar.jpg
    Avatar, Gaia e a Impermanência do Eterno

    Em tempos de trevas, os maus espíritos se destacam na mediocridade dominante. A desconstrução do Universo e sua impermanência, contudo, evocam a insignificância das civilizações no contexto divino, e nos remete à relatividade dos conceitos humanos e da própria vida na Terra.

  • Bunda Prodes 2018.jpg
    Uma análise sob o enfoque da Sustentabilidade

    O artigo aborda os três eixos da Sustentabilidade: Ambiental, Social e Econômico, avaliados sob os impactos da devastação provocada pela expansão das fronteiras agrícolas e suas consequências no equilíbrio climático do hemisfério sul, na medida em que afeta as populações das florestas tropicais e da savana americana, bem como os componentes desses ecossistemas, profundamente impactados pela drástica redução dos aquíferos subterrâneos e dos mananciais de superfície. Discute também a opção brasileira de oferecer subsídios fiscais ao agronegócio, em detrimento do setor industrial e de serviços.

  • Thumbnail image for 94EC92E5-4DE2-48D8-B0EA-3F6033F03CEF.jpeg
    Envelhecer

    Observamos nossa própria existência pela perspectiva do cotidiano, sem nos apercebermos de que cada dia representa o aproximar-se do destino final. No entanto, acompanhando a vida dos artistas temos outra compreensão do tempo, pois neles identificamos o envelhecer mais do que em nós mesmos...

  • bostossauro.jpg
    Opulência e Miséria - a História da Humanidade

    A História da Humanidade não é apenas a história dos vencedores, como ficou registrado nos livros, mas também a história dos derrotados, dos escravizados, da opulência e da miséria. Mais do que isso, é a história das três forças que movimentaram o ser humano desde que se estabeleceu no mundo: a Aristocracia, as Religiões e o Poder Militar. Com eles, a maioria absoluta da humanidade foi escravizada e submetida às mais cruéis e degradantes condições sub-humanas de que se tem notícia.

  • Balbina.JPG
    Alienação e governança ideológica

    O diálogo impossível entre as forças retrógradas do fanatismo religioso e preconceituoso da extrema direita, e a civilização brasileira, tripudiada e enganada pelos falsos profetas do apocalipse. Autoritarismo, preconceitos e fanatismo serão as palavras de ordem desse novo período militar, onde quase uma dezena de generais estarão em ministérios, secretarias e, provavelmente, no segundo escalão de governo.

    Na foto, a represa de Balbina, construída pelos militares durante a ditadura de 1964, e que causou o quase extermínio de uma das mais belas civilizações indígenas da Floresta Amazônica: os Waimiri-Atroari. Esses indígenas foram cruelmente assassinados a tiros, aos milhares, como alvos de um jogo sádico, pelos soldados responsáveis pela construção da hidrelétrica e da Rodovia BR-174 que liga Manaus/AM a Boa Vista/RR.

  • obscurantismo medieval.jpg
    Obscurantismo Medieval e Estado Laico

    As primeiras manifestações ideológicas do "novo governo", materializadas nas nomeações para os Ministérios, apontam para um radicalismo extremo e fascista, que privilegia religiões retrógradas e pensamento medieval, declaradamente preconceituoso, machista, militarista e subdesenvolvido. Conquistas democráticas são ameaçadas por falsos filósofos do absurdo, que pretendem trocar os polos do extremismo de esquerda pela ultradireita conservadora.

  • nazista.jpg
    Quem elegeu Bolsonaro?

    A escolha de um novo presidente, que parecia ser a grande oportunidade de renovação dos quadros políticos brasileiros, acabou por se transformar em um pesadelo do qual seremos incapazes de sair, condenados a amargar um futuro incerto, que nos levará a um destino muito pior do que os 21 anos da ditadura sanguinária de 1964. Quem se responsabilizará pelas consequências advindas dessa decisão infeliz? Os partidos políticos? A população ignorante e vulnerável a falsos argumentos? A mídia irresponsável e mentirosa, ávida de propagar a ascensão do falso candidato "liberal"? Os empresários gananciosos e ávidos de lucro fácil? O próprio presidente eleito, incapaz até de compreender a dimensão do cargo que assumirá sem qualquer preparo ou competência?

  • eleições.jpg
    Democracia & Liberdade: o que está em jogo?

    Durante 21 anos o Brasil foi amordaçado por uma feroz ditadura militar, que calou as vozes dissidentes, prendeu inimigos do regime, torturou e assassinou aqueles que queriam apenas Democracia e Liberdade. Até mesmo jornais conservadores e líderes religiosos que colaboraram com o golpe de 1964 foram submetidos à censura e ao terror de um regime violento e cruel. Foram os ANOS DE CHUMBO, mais de duas décadas durante as quais quase todos os países latino-americanos viram seus filhos sendo massacrados por governos totalitários e cruéis. Nesses tempos de horror, muitas famílias perderam seus entes queridos, levados na calada da noite para as dependências de tortura, como o DOPS, o DOI-CODI, a CASA AZUL de Marabá/PA, a Casa de Sâo Conrado/RJ, a Casa da Renascença/BH e a CASA DA MORTE em Petrópolis, além dos Centros de Tortura da Marinha (CENIMAR) e da Aeronáutica (CISA), todos comandados por cruéis torturadores, como o Coronel Brilhante Ulstra (do DOI/CODI), e sob orientação da CIA norte-americana.

  • A Paisagem.jpg
    Tempos Estranhos

    "Antes que os olhos possam ver, devem sem incapazes de lágrimas;
    Antes que o ouvido possa ouvir, deve ter perdido a sensibilidade;
    Antes que a voz possa falar em presença dos Mestres;
    Devem ter perdido a possibilidade de ferir;
    Antes que a Alma possa erguer-se na presença dos Mestres...
    É necessário que seus pés tenham sido lavados no sangue do coração."

  • Tio Sam.JPG
    Ideologia, democracia e outros saberes escusos

    Falar de Ideologia em um mundo imerso em disputas mesquinhas é fingir que qualquer das partes tem razão, enquanto o "outro" é sempre o culpado de todas as mazelas humanas. Enquanto isso, o relógio biológico da Terra se aproxima do instante fatal em que a escassez de água e de alimentos nos forçará a um sacrifício que todos temem imaginar: a população da Terra precisará se reduzir aos níveis de 1900 para poder capitalizar os benefícios do desenvolvimento científico e tecnológico e salvar o planeta. Haverá paz no mundo antes da hecatombe mundial? Teremos condições de ocupar novos planetas habitáveis antes que a Terra entre em colapso? Estaremos preparados para viver em paz e encontrar soluções para a superpopulação e a perda da biodiversidade de nosso mundo antes do minuto fatal? Certamente, a resposta a essa indagações é, pura e simplesmente, "Não!". A Terra não sobreviverá a tamanhos desperdícios e devastação!...

  • latifúndio na amazônia.jpg
    O CAOS E A PERFEIÇÃO
    O que me encanta é o CAOS, não a Perfeição! É no Caos que se manifesta a Perfeição do Universo, e sua Beleza inquestionável!! A Desordem universal é que nos leva a acreditar na perenidade do Infinito! O contraponto do Caos não é a ...
  • Apolo e as virgens.jpg
    A EXISTÊNCIA DE DEUS

    De onde viria a necessidade e o conceito de divindades dentre os homens? Por que precisamos de um Deus? Quais revelações ou reflexões filosóficas sustentariam a hipótese de uma existência após a morte apenas para os humanos da Terra? Para onde iríamos depois dessa vida terrena, tão generosa para poucos e tão injusta para a grande maioria dos seres viventes? Enfim, por que acreditar em DEUS, se nada nos permite comprovar a sua inútil existência? À expressão Cristã "DEUS CRIOU OS HOMENS À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA" eu contraponho a minha: "OS HOMENS CRIARAM SEUS DEUSES À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA"!

  • eleições 2018.jpg
    Eleições 2018 - Forças antagônicas em disputa pela Presidência

    Espero que minhas considerações colaborem com a reflexão a respeito das alternativas de poder que, certamente, determinarão o futuro de nossa Nação e da própria Humanidade. O Brasil detém cerca de 12% de toda biodiversidade do planeta. Toda política que ameace esses ecossistemas estará ameaçando a própria existência humana na Terra. Portanto, as escolhas feitas nesta e nas próximas eleições terão consequências imprevisíveis para a sobrevivência do ser humano e das próximas gerações. Infelizmente, tenho pregado inutilmente... "pérolas aos porcos", como dizia o Profeta. Nada mais posso fazer senão proferir meus discursos para aqueles que têm "ouvidos moucos" para a Verdade...

  • a segunda maçã.jpg
    A GRANDE FARSA DA DEMOCRACIA
    Cresci acreditando ser o Brasil um país jovem e, por isso, imaturo e incapaz de resolver seus problemas sozinho. Todas as nossas culpas poderiam ser atribuídas a Portugal, Holanda, Inglaterra e França, países que se aproveitaram de uma nação ...
  • Agro é tóxico.jpg
    A geração cowboy e a questão ambiental

    O Brasil nunca teve vocação para o protagonismo no contexto mundial. E desde o Império alimentou o sonho de ser o "celeiro do mundo", abdicando do direito de se tornar um líder entre as nações mais desenvolvidas.