artefacto artefoto

O olhar perplexo de um Poeta diante da Vida

João Carlos Figueiredo

Um escritor e uma câmera: palavras ilustradas pela vivência cotidiana, cenários explicados pela expressão da alma... Artefacto servindo ao poeta: arte e foto num sincretismo que se entrelaça nas relações deste escritor com o mundo que o rodeia e perverte...

Caleidoscópio da Vida... "e daí?"

A mídia distorce os fatos quando atende aos interesses de seus patrões. Para que os meios de comunicação sejam independentes é necessário que tais interesses não sejam conflitantes com a verdade dos fatos. No entanto, jornais, revistas, canais de televisão, sejam públicos ou por assinatura, sempre estão a serviço das empresas e dos negócios que patrocinam, com seus anúncios, tais meios de comunicação, bem como acabam por induzir a corrente ideológica desses veículos de informação... por esse motivo, somos compelidos a perceber a realidade através dos fragmentos de vidros coloridos de um caleidoscópio...


Caleidoscópio.jpg

Trump foi eleito por mineradoras de carvão e do xisto / petróleo, por fascistas e admiradores do diabo e das armas, que já causaram tantas tragédias naquele país arrogante. E talvez, provavelmente, até seja reeleito...

Bolsonaro foi eleito por evangélicos, latifundiários, garimpeiros, madeireiros, mineradoras, empreiteiras de grandes obras e por grandes empresários de São Paulo, como a Havan e a Centauro, agora envolvidos nos escândalos da Era Bostossauriana... e talvez, provavelmente, até seja reeleito...

Ambos também foram alimentados pela mídia conservadora que, no Brasil, tem sua base nos "Amigos da Rede Globo" (“agro é tech, agro é pop, agro é tudo”... quem paga mesmo esses anúncios que são veiculados diariamente há mais de dois anos?). Na verdade, o #AGRO, da forma como está sendo divulgado e praticado no Brasil é uma verdadeira tragédia, pois é o maior responsável pela devastação da Amazônia e do Cerrado! Nenhum outro agente da destruição é tão pernicioso para o Meio Ambiente, tão concentrador de rendas e tão causador de desigualdades sociais quanto o agronegócio!

A sociedade enxerga o mundo através do caleidoscópio da mídia, que distorce a verdade, embaça a visão torpe dos incautos ("ingênuos e inocentes") e fantasia a realidade, com a aquiescência dos respectivos “órgãos competentes” (a censura dos magnatas da mídia)...

Então a pandemia é uma farsa? De certa maneira, sim, pois a grande mídia criou a aura do pânico que nos mantém atrelados à visão míope desse quarto poder... o WhatsApp, o Twitter, o Facebook e o Instagram ocupam a vida dos “acampados em casa”, e se tornaram a “diversão” dos preguiçosos que não sabem pensar por si próprios...

Enquanto isso, aqueles que elegeram essas aberrações, agora são inocentados (“perdoai, pai, eles não sabiam o que faziam”)... coitadinhos!... foram enganados! Ninguém tem culpa por ter votado em Bolsonaro ou Trump... agora somos acusados de atormentar esses “inocentes inúteis”! E nós, que sempre os alertamos dos perigos dessa escolha irresponsável, agora somos os seus algozes...

Mas vamos desmistificar a pandemia... até hoje morreram pouco mais de 200.000 pessoas, a maioria, idosos... só na Síria, com apoio dos Estados Unidos e da Rússia, já morreram cerca de 400.000 pessoas, grande parte de mulheres, idosos e crianças, o dobro do Corona Vírus... sem falar nos refugiados, centenas de milhares de maltrapilhos a perambular pelo mundo em busca de um lugar para viver... na África, anualmente, morrem dezenas de milhares de pessoas, vítimas do terror de Boko Haram e outros grupos de fanáticos islâmicos, fora aqueles mortos pela fome e por epidemias que assolam aquele continente, sem que a imprensa fale nada sobre isso...

Na Índia, no Paquistão, em Bangladesh e outros países da antiga Indochina, milhões de seres humanos morrem de fome e da violência, não raro até contra as mulheres... no Oriente Médio a separação entre os direitos de homens e mulheres é tamanha que, estas, abdicam de seus direitos de liberdade e autonomia para seguir as ordens de seus maridos... e onde está a imprensa livre, que não divulga, à exaustão, esses crimes contra a humanidade?

Aqui, no Brasil, enormes quantias em dinheiro foram mobilizadas para salvar as vítimas dessa epidemia, enquanto a violência assassina das drogas e das milícias permanece nas favelas, mobilizadas pelos mesmos milicianos comandados e/ou apoiados pela gangue dos bolsonaros, que vivem em condomínios de luxo das praias do sul do Rio de Janeiro... alguém fez alguma coisa para acabar com isso? Sim, o presidente do Brasil acaba de tentar nomear mais um súdito fiel para bloquear as investigações sobre seus filhotes amestrados...

E o aquecimento global? Já se esqueceram que o mundo está ameaçado de extinção pelo desprezo e oportunismo das autoridades e pela ignorância das populações miseráveis? E a população da Terra, hoje com cerca de 7,88 bilhões de habitantes, cada vez mais ameaçadora por exaurir rapidamente, e de forma crescente, nossos recursos naturais, mesmo aqueles renováveis, ocupados por extensas áreas de plantio de commodities (soja, cana-de-açúcar, algodão...) e pela criação de gado bovino (220 milhões de cabeças de gado, ocupando 25% do território nacional)? Em 2050 seremos, provavelmente, 10 bilhões de seres humanos a devastar a Terra! E quem se preocupa com o consumismo exacerbado dessa sociedade inconsciente, que troca seus celulares e seus eletroeletrônicos quase todos os anos por pura vaidade ou exibicionismo?

Sabem quantas pessoas morrem anualmente nesse mundo? Cerca de 57.500.000 de seres humanos deixam a Terra todos os anos! Alguém se preocupa com isso? Claro que não! É natural... mas é importante que saibam disso para relativizar as mortes pelo Corona Vírus... em apenas um dia nascem mais pessoas no mundo do que já morreram desde o início da epidemia na China, em novembro do ano passado... Em apenas dois dias morrem na Terra cerca de 200.000 pessoas, pelas mais diferentes causas... Só que, por causa desse ser invisível paralisamos nossa Economia, cancelamos todos os Projetos Culturais e Esportivos, desativamos a Educação em todos os níveis, bloqueamos as atividades de sobrevivência dos microempresários, fechamos as portas dos pequenos estabelecimentos comerciais, e passamos a viver e trabalhar em casa, bloqueando grande parte dos setores produtivos de nossa sociedade... e tudo isso só para assistir ao desenlace dessa pantomima (ou seria pandemônio?) provocada por esse insignificante micróbio chamado Corona Vírus!

Mas também temos um lado aparentemente bom: durante esse período reduzimos drasticamente o consumo de supérfluos (embora tenhamos aumentado bruscamente o nosso lixo doméstico), ainda que somente por um curto espaço de tempo... depois poderemos gastar muito mais! Estaríamos em uma ilha da fantasia, não fossem as restrições impostas e o pavor gerado pela mídia e pelas autoridades públicas...

E o Acordo de Paris? E o combate aos incêndios florestais na Amazônia? E o morticínio de animais selvagens, cada vez mais ameaçados de extinção pela perda de seus biomas e pela matança que alimenta o comércio ilegal de carne selvagem, de marfim dos dentes de elefantes, das barbatanas de tubarões, da pele (couro) dos grandes felinos em extinção, ou dos chifres de rinocerontes, exibidos como troféus de caça ou usados como afrodisíacos por imbecis bostossaurianos?

“Bem, e daí”? diria esse presidente do Brasil...


João Carlos Figueiredo

Um escritor e uma câmera: palavras ilustradas pela vivência cotidiana, cenários explicados pela expressão da alma... Artefacto servindo ao poeta: arte e foto num sincretismo que se entrelaça nas relações deste escritor com o mundo que o rodeia e perverte....
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/Política// //João Carlos Figueiredo