arxvis

dentro do momento

arxvis

artista plástica
e transpirante poeta

saudade da possibilidade

quando a sociedade nivela por baixo, a decadência já ocorreu


obvious7.jpg

virei a curva e a correnteza me pegou: o que se perde com a idade, além de tempo? lá vai minha vida de segunda a segunda, sem dias entrementes - e tanta gente sem dente, sem cabelo pra pente, sem olho pra lente, tanta miséria velha e dormente!..

na tv o povo anda maquiado, como se deve. mas não eu, que quando estou só me esqueço de dormir, de comer, tomar banho e sol, eu que viro um assombro enrolado em si mesmo, uma coisa se mordendo que nem sente, com um salário rente, e a dívida - a dívida, gente!

as coisas andam quentes por aqui, muita partícula se agitando no ar, muito atrito produzindo dor e eu tomando aguardente, sendo deprimida ao sol brilhante - eu, bandeirante (antes desbravadora agora só brava), dolorosamente sobrando e soprando as mordidas desse monstro demente que sou.


arxvis

artista plástica e transpirante poeta.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// //arxvis