atenciosamente...dominique.

Disseram que era só uma fase.

Dominique Silveira

Tropeça muito, pois cresceu demais. Acorda de mal humor, e é adepta da gentileza. Casca dura, coração mole.

O lustre metafórico da Sia

Se distanciando da pincelada filosófica “from the bottom to the top” muito comum no gênero Pop, Sia imprime em sua nova música Chandelier a dor profunda, crua e legítima de seus tormentos pessoais.


sia-chandelier.jpg

O retorno da cantora/compositora Sia aos palcos tomou como marca a música de sua autoria e co-autoria de Jesse Shatkin, Chandelier, do seu sexto e novo álbum (com o título mais apropriado, impossível) 1000 Forms of Fear. Após anos distante dos holofotes, Sia migra da sala dos compositores para o lançamento do seu já aclamado álbum, divulgando uma música com letras que mais parecem uma ode a sua própria vida, cantada com sua voz potente e rouca, regada a um histórico de confrontos pessoais e familiares, dentre eles a montanha-russa do seu anterior uso abusivo de álcool e drogas, a trágica morte de seu namorado, além da sua declarada sociofobia e ansiedade crônica, motivos estes que a levou por anos a se ausentar dos palcos para se dedicar apenas às composições e parcerias com artistas como Beyoncé, Rihanna, etc.

O clipe de Chandelier, dirigido por Sia e Daniel Askell, tal qual a mente confusa, sombria e genial da cantora, atingiu mais de um milhão de visualizações em 24h de lançamento, agradou ao público e a crítica, ainda que pareça confuso e um tanto assustador para o cenário Pop ver uma menina (a espetacular dançarina Maddie Ziegler) usando uma peruca semelhante ao cabelo da cantora, dando piruetas e bizarras expressões em uma casa aparentemente abandonada.

Segue o clipe:

Clipe de Chandelier, da cantora Sia.

Com coreografia de Ryan Heffington, Maddie circula pelos cômodos da casa, representando talvez os conflitos advindos dos medos de Sia, que optou por não aparecer no videoclipe, uma vez que não se sente a vontade diante das câmeras. Isto fica claro no lançamento oficial do álbum no programa The Ellen Show, onde numa reprodução do clip, a cantora se apresenta ao vivo, localizada no canto do cenário, o tempo todo de costas para o público e para as câmeras, enquanto Maddie faz sua impecável apresentação:

Apresentação de Sia e da dançarina Maddie Ziegler no programa The Ellen Show.

Com seu olhar peculiar sobre o sofrimento, Sia mostra através de Chandelier, que é possível a estranha mistura da profundidade e loucura dos sentimentos sombrios, “disfarçados” em uma voz forte, batidas eufóricas e refrão cativante.


Dominique Silveira

Tropeça muito, pois cresceu demais. Acorda de mal humor, e é adepta da gentileza. Casca dura, coração mole..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/musica// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Dominique Silveira