Rui Caeiro

Sonha (atenção ao clichê!) ser dono de um corpo escultural dando apenas ao dente. De resto, procura histórias/estórias. Quem as possuir pode entrar em contacto. Quem não possuir também pode, mas tem de enviar qualquer coisa que se trinque

Mulheres, vocês são belas!

A Dove lançou uma nova campanha que pretende mostrar como a visão que temos sobre o nosso próprio corpo é, muitas vezes, mais negativa do que aquilo que é percecionada pelos olhos de terceiros. Em 3 minutos fica a prova que temos de ser menos exigentes.


victorias-secret-and-dove-models.jpg

A proposta era simples: antes da ação propriamente dita, cada voluntária conhecia outra participante. De seguida a mulher era convidada e entrar num espaço amplo, a sentar-se numa poltrona e a descrever o seu próprio rosto a um artista, que assim ia desenhando a face da narradora sem a conseguir visualizar. Posteriormente entrava outra pessoa no estúdio - a que a voluntária tinha conhecido antes de se descrever a si própria - e explicava ao artista como era o rosto da pessoa com quem tinha trocado algumas palavras. No final, haviam dois desenhos: primeiro - o descrito pela própria pessoa; segundo - o descrito por um desconhecido. Os resultados, pois claro, foram diferentes.

"Women are their own worst beauty critics," escreve a Dove. "Only 4% of women around the world consider themselves beautiful ... we decided to conduct a compelling social experiment that explores how women view their own beauty in contrast to what others see."

"Em 3 minutos fica a prova que temos de ser menos exigentes com nós próprios",escrevi eu. Mas estará certo? O vídeo, publicado no passado dia 14 deste mês, conta já com mais de 800 mil visualizações no youtube e está a espalhar-se um pouco por todo lado.

o-DOVE-REAL-BEAUTY-570.jpg

Algumas questões, levantadas certamente por muitas outras pessoas, mas que não poderia deixar passar: objetivo da Dove? Porquê mulheres e não homens? Apenas 4% das mulheres se consideram belas, afirma a empresa...? Era mesmo preciso aquela música de fundo? E outras perguntas se poderiam levantar, relativamente à empresa, à campanha, ao próprio artista, às pessoas "estudadas", etc.

Não digo que não nos devamos valorizar mais, ou que as mulheres (e homens) não são mais belas do que pensam. Pelo contrário. O que digo é que uma empresa de produtos de higiene pessoal e beleza a publicitar isso é de desconfiar.

E, para provar que não sou (inteiramente) contra campanhas motivacionais, aqui fica algo que me faz sentir melhor, mesmo não sendo mulher:


Rui Caeiro

Sonha (atenção ao clichê!) ser dono de um corpo escultural dando apenas ao dente. De resto, procura histórias/estórias. Quem as possuir pode entrar em contacto. Quem não possuir também pode, mas tem de enviar qualquer coisa que se trinque.
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/// @destaque, @obvious //Rui Caeiro