Gregório Grisa

Doutor em Educação pela UFRGS e simpatiza com a ideia de que aquilo que muitos chamam inteligência pode ser, em grande medida, curiosidade

Carlos Federico Sáez

Conheça a delicadeza e a precisão de um dos maiores pintores uruguaios. Apesar da morte precoce, o artista é referência em seu país e deixou bela obra.


CarlosFedericoSaez.jpg

Carlos Federico Sáez (1878-1901) foi considerado o primeiro pintor modernista do Uruguai. Nasceu na cidade interiorana de Mercedes e desde a infância demostrava significativa habilidade para desenho.

Com 14 anos ganhou uma bolsa de estudos do governo do seu país e foi morar em Roma, passou a frequentar a Academia de Bellas Artes, centro de excelência no estudo das artes em geral.

484.jpg Cabeza de viejo

Ficou na capital italiana por sete anos, sob a tutela do então embaixador uruguaio Daniel Muñoz, desenvolveu técnica ímpar, demonstrava capacidade de observação e registro avançados para sua idade.

Carlos voltou para o Uruguai em 1900, mesmo no auge da juventude infelizmente doente. No anos seguinte veio a falecer com apenas 22 anos.

477.jpg Retrato de J. C. M.

Acho muito interessante conhecer artistas latino-americanos, as referências que temos quando se fala em pintura de alto nível, em geral, são europeias ou americanas. Foi um prazer conhecer a obra desse pintor do prata que preferia pintar pessoas ou grupos, com uma precisão impressionante.

Suas obras podem ser vistas no Museo Nacional de Artes Visuales (Montevideu), Pinacoteca Eusebio Giménez na sua cidade natal e no Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (MALBA).

475.jpg

retrato_cornu.jpg Retrato del pintor Juan Fernando Cornu

27-1-1316550638-500.jpg


Gregório Grisa

Doutor em Educação pela UFRGS e simpatiza com a ideia de que aquilo que muitos chamam inteligência pode ser, em grande medida, curiosidade.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/artes e ideias// @destaque, @hplounge, @hp, @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Gregório Grisa
Site Meter