aura mediocritas

Pega um café, sente-se e vamos conversar sobre as efemeridades (ou não) da vida...

Nayara Anhanha

Dizer quem sou é tão efêmero quanto falar sobre o tempo; sabemos que uma hora ou outra o sol vai voltar, mas nunca vamos saber quando a chuva vai cessar. Sou as minhas ideologias, meus anseios, no entanto eles mudam, são lapidados. A ignorância é achar que a razão é sempre a sua, imutável. Eu sou assim, uma metamorfose ambulante.

nayaraanhanha

Nayara Anhanha

Dizer quem sou é tão efêmero quanto falar sobre o tempo; sabemos que uma hora ou outra o sol vai voltar, mas nunca vamos saber quando a chuva vai cessar. Sou as minhas ideologias, meus anseios, no entanto eles mudam, são lapidados. A ignorância é achar que a razão é sempre a sua, imutável. Eu sou assim, uma metamorfose ambulante.

Últimos artigos publicados