Midori Hamada

Divide o tempo entre estudos aleatórios,garimpagem em sebos e brechós,e picolé com os amigos.

Acalmem-se garotas,o Rockabilly voltou.

Ou melhor,os The Baseballs chegaram.


the_baseballs_new_press_picture_4641.jpg

Pra quem sempre balançou com Rock and Roll,desde Hound Dog com Elvis até Rockabilly Rules dos Stray Cats tem um motivo pra voltar a mexer as cadeiras.Em 2007,os três integrantes da banda,que agora se chama The Baseballs,se conheceram ocasionalmente num estúdio em Berlim e passaram a fazer covers de músicas dos anos 50 e 60,mas logo descobriram como chamar atenção,transformando músicas atuais em verdadeiros hits rockabilly.

the-baseballs.jpg

O álbum Strike lançado em 2009 com músicas como Hot'n'Cold,Love in this Club e Don' Cha, fez com que em pouco tempo toda Europa já conhecesse os três alemães que estavam sacudindo mais uma vez os quadris e os corações das mocinhas,e nos 18 meses seguintes Sam, Basti e Digger se viram entre turnês,concertos e premiações.O álbum ficou nas paradas por várias semanas,e recebeu prêmios na Finlandia,Suécia,Holanda,Suiça,Reino Unido,e é claro,na Alemanha. Como reconhecimento do sucesso internacional a banda recebeu o European Border Breakers Award 2011.

the_baseballs.jpg

Com o álbum Strings’n’Stripes,The Baseballs lança suas versões de Candy Shop,Ghetto Superstar,I'm not a Girl,Not yet a Woman,e muitas outras que conseguem ser incrivelmente diferentes das originais,mas ainda assim mantendo as letras que permitem serem reconhecidas.Pra quem conhece algumas faixas que fizeram sucesso no passado,não vai ser difícil distinguir rapidamente as melodias e principalmente se identificar com o timbre da voz.

The_Baseballs_c_Bothor600.jpg

Sendo verdadeiros à paixão pelos anos cinquenta e sessenta,estes moços charmosos de topetes mostraram que ainda há espaço para o estilo rockabilly e para a garbosa piscadela que ainda arranca bons suspiros das moçoilas.

"We take good songs and lead them to their true destiny”

Em Março de 2012,The Baseballs postaram no Youtube sua versão de "Ai se eu te pego",e que -se me permitem perder a imparcialidade- conseguiu tornar a canção de Michel Teló um pouco mais audível,mesmo que ela ainda seja capaz de causar reações desagradáveis.

The Baseballs


Midori Hamada

Divide o tempo entre estudos aleatórios,garimpagem em sebos e brechós,e picolé com os amigos..
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 3/s/Música// @destaque, @obvious //Midori Hamada
Site Meter