back to 71

crítica sem pedantismo

Erick Silva

Estudante de jornalismo, quadrinista, reprovado em testes psicotécnicos e atualmente dorme em uma garagem. Praticamente isso.

10 curtas animados que você precisa conhecer

Sabe aqueles dias que você navega na internet de forma despretensiosa e sem querer acaba se deparando com os curtas animados mais geniais já produzidos? Alguns te farão repensar na vida, e outros valerão por puro entretenimento.


LaLuna1.jpg

Listo aqui alguns curtas que farão o seu tempo ocioso ser gasto da melhor forma possível:

1 A Casa de Pequenos Cubos (La Maison en Petits Cubes) (2008)

Este curta é de uma sensibilidade sem tamanho, conta a história de um idoso solitário que teve a sua casa submersa por uma enchente, e ao passar dos tempos vai construindo novos andares à medida que o nível da água vai subindo. Após deixar o seu cachimbo de estimação cair acidentalmente nas profundezas do oceano, ele decide mergulhar para encontrá-lo, e acaba trazendo de volta também algumas lembranças do seu passado.

2 Out of Sight (2010)

Com um traço simples e também tocante, este curta mostra as aventuras de uma garotinha que se perde do seu cão, mas acaba encontrando um caminho imaginário guiado por sons e aromas.

3 Alma (2009)

Aparentemente inocente, este curta produzido pelo estúdio de animação PIXAR, conta a história de uma criança atraída por uma loja de bonecas fechada, e ao ver através da vidraça uma boneca idêntica a ela, decide pegá-la para si de qualquer maneira sem imaginar o perigo que se esconde naquele lugar.

4 O Avião de Papel (Paperman) (2012)

Um dos curtas mais bonitos já produzidos pelos estúdios Disney, Paperman (aqui com o título de “O Avião de Papel”), mostra que quando se trata de amor, até folhas de papel aproximam as pessoas. A animação foi a primeira a juntar técnicas de computação gráfica com desenhos manuais.

5 La Luna (2011)

Outra parceria Disney/ PIXAR, La Luna mostra a primeira ida de um garoto junto do pai e o avô para uma viagem de barco noturna, mal ele imagina que o que lhe aguarda não é uma pescaria em família, mas sim algo surreal.

6 A pequena Vendedora de Fósforos (The Little Matchgirl) (2006)

Uma fábula russa dramática sobre uma pequena garota tentando sem sucesso vender seus fósforos para se livrar do frio. Em meio a isso, ela é tomada por várias visões atrás das chamas dos fósforos que lhe trazem alguma esperança para o futuro.

7 Destino (2003)

Esta animação psicodélica poderia muito bem ser um clipe do Pink Floyd, mas foi produzida pelo artista espanhol Salvador Dali em parceria com Walt Disney em 1945, mas só foi realmente concluída em 2003. O curta mostra a história do amor de Chronos com uma mulher mortal, mesclado às paisagens surrealistas de Dali.

8 O Farol (The Lighthouse) (2010)

Outra animação premiadíssima é "O Farol" (The Lighthouse) que retrata a relação entre um pai e seu filho, sobre o aprendizado, amor e respeito. Desde seu lançamento o curta já arrecadou 27 prêmios em festivais ao redor do mundo.

9 Invenção do Amor (Invention of Love) (2010)

Feito em contra luz, este curta tem um quê de poesia e melancolia, onde tudo é mecânico, um casal vive o seu primeiro amor em um mundo surreal onde apenas as flores tem vida própria.

10 O Emprego (El Empleo) (2008)

De longe, um dos curtas mais inteligentes da lista, mostra o cotidiano curioso de um homem em um mundo onde pessoas e objetos são a mesma coisa. Dirigido pelo cartunista argentino Santiago 'bou' Grasso, este curta foi o mais premiado no quesito animação arrecadando nada mais nada menos que 102 prêmios e 200 indicações em festivais.


Erick Silva

Estudante de jornalismo, quadrinista, reprovado em testes psicotécnicos e atualmente dorme em uma garagem. Praticamente isso..
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 34/s/cinema// @destaque, @hplounge, @hp, @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Erick Silva