Maria Gabriela de Queiroz

Quase entendedora de gente, de planta, de arte, de mapas e de lugares

As minas do graffiti: potencialidade e transgressão

O Graffiti é a prova viva, crua e colorida de que a rua, o espaço aberto e público são instrumentos de expressão artística e crítica social. Apesar disso, pouco se fala sobre a presença da mulher na arte de rua. Com o intuito de possibilitar reflexões que contemplam arte e gênero, exponho aqui, algumas das artistas grafiteiras reconhecidas no mundo da arte.


1. Kashink

Kashink mora em Paris e tem como especialidade grafitar homens cabeludos e gordos. Dificilmente é vista sem seu bigode desenhado por um lápis.

brooklyn-street-art-kashink-martha-cooper-wynwood-walls-2013-miami-web-2.jpg

Kashink_Two-copy.jpg

932546.jpg

2. Alice Mizrahi

Alice mora em Nova Iorque, retrata meninas e mulheres com o objetivo de empoderá-las. Juntamente com outra grafiteira, Toofly, construiu um fórum para mulheres artistas de rua, o Younity.

14572853269_7d58bf01fe_b.jpg

ALICE-MIZRAHI.png

9288412164_52bd19cd94_b.jpg

3. Faith47

Uma das marcas dessa grafiteira sul-africada são as frases em uma linda caligrafia. Seu site oficial é: http://www.faith47.com

faith47-the-immense-gap-e1382407720357-1024x640.jpg

faith47wall.jpg

Faith47,_the_taming_of_the_beasts.jpg

4. Miss Van

Nascida na França e moradora de Barcelona, Miss Van é considerada uma das pioneiras na arte de rua. Suas ilustrações retratam mulheres usando casacos de pele e mascaras de animais.

325231_4539658608380_838677926_o.jpg

MissVan_Bailarinas51.JPG

Miss_Van-Atame.jpg

5. Lady Pink

Lady Pink nasceu no Equador e mora atualmente em Nova Iorque. Em 1979 começou a grafitar frases nos metrôs da cidade, evoluindo para desenhos coloridos. Pink afirma que é difícil para as mulheres se envolverem com o graffiti, já que são supostamente "frágeis". Nas palavras da artista: “Quando homens te desrespeitam, você precisa ensiná-los uma lição. Senão, eles passarão por cima de você.”

bgp_fc77e53f46c6e957b66b8aa2f9f5f58b5be9fe38.jpg

opct_0661672eaa8a5910f6e93bed0b9088ac.jpg

lady-pink.jpg

6. Maya Hayuk

Hayuk vive no Brooklyn e é conhecida por usar elementos de arte ucraniana em formas psicodélicas e geométricas. Em suas palavras: “Quando eu era criança, meus avós me ensinavam a fazer artesanatos como bordados e pinturas ‘batik’ em ovos, além de recitar poesias (...). Essa foi, provavelmente, a primeira e mais forte influência na minha vida. Aprendi não apenas a ter mãos firmes e determinação, mas eles me ensinaram também a riqueza do significado de todos esses símbolos geométricos”.

936731_365143293596405_1749797590_n.jpg

mayaHayuk.jpeg

mayaHayuk.P1090116.jpg

7. Shamsia Hassani

Nascida no Afeganistão, Hassani é considerada uma das primeiras artistas de rua de seu país. Um dos elementos básicos de suas obras é a burca. Nas palavras da artista: “Muita gente esquece a tragédia que as mulheres vivem no Afeganistão (...). É por isso que uso meus desenhos como um meio de lembrar as pessoas. Quero dar destaque a esse assunto na sociedade, com ilustrações representando mulheres com burcas em todos os lugares. Tento mostrá-las maiores do que de fato são, e também de forma mais moderna, relacionando-as com felicidade e movimento. Tento fazer com que sejam vistas de outra maneira.”

Shamsia-Hassani-Huck.jpg

tumblr_mj5qeieJn51qgsv65o1_1280.jpg

SH Burga women 686x386.jpg

8. Lady Aiko

Aiko, japonesa que vive em Nova Iorque, retrata em seu trabalho elementos do abstracionismo, grafite, Pop Art e arte japonesa.

aiko-done-1.jpg

eCooperAiko0095.jpg

canon30-098.jpg

9. Magrela

A artista brasileira Magrela retrata nos muros da capital paulistana, mulheres contorcidas e de olhares tristes. Trabalha também com outras mídias, empresas e ONGs.

magrela-05.jpg

magrela-04.jpg

Cingapura_-_Magrela.jpg

10. Jana

A francesa Jana juntamente com seu companheiro, espalha arte e beleza pelos muros e lugares abandonados de todo o mundo. Jana é a prova de que as mulheres também tem espaço no graffiti, podendo se combinar com o lado masculino.

7181921472_9ae8ed21db.jpg

Jana-and-JS-Would-You-Lie-With-Me-and-Forget-the-World-2015.jpg

graffitiartworks63.jpg


Maria Gabriela de Queiroz

Quase entendedora de gente, de planta, de arte, de mapas e de lugares.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Maria Gabriela de Queiroz
Site Meter