Valéria Scavone

Paulistana e albatroz por consequência. Minha paixão é por 'algos': o improvável, a essência, a unidade, a troca, o diálogo, o existencialismo e a arte, que, sentida e, não necessariamente entendida, transpõe cada um destes algos. Um ser que não está na vida à passeio.

Quando estudar a tabela periódica pode ser divertido

Estudar ou tentar decorar a tabela periódica tem lá muitas dificuldades. Há mais de uma década, quando eu estava no colégio, o que nos restava era ficar repetindo 200 vezes frases criadas pelos professores para fixar na cabeça a família e os elementos. Decoreba total! Agora imagine poder visualizar os elementos em imagens macro? É o que fez o fotógrafo japonês Tanaka. Dá uma olhada!


Bismuto_R. Tanaka.jpg Bismuto | Símbolo Bi, número atômico 83, massa atômica 209

Se você nunca gostou de química, talvez seja por não ter tido a oportunidade de se deparar com imagens tão lindas quanto estas. R. Tanaka, além de fotógrafo é um químico que resolveu mostrar ao mundo o quão fascinante pode ser conhecer de verdade os elementos da tabela mais temida entre os estudantes.

Bismutoo2_R. Tanaka.jpg Bismuto | Símbolo Bi, número atômico 83, massa atômica 209

Feitas em superclose, as imagens mostram uma diversidade de formas, cores e texturas inesperadas. Alguns elementos chegam a lembrar formatos alienígenas ou objetos de uma civilização de séculos atrás.

Bismuto3_R. Tanaka.jpg Bismuto | Símbolo Bi, número atômico 83, massa atômica 209

Alumínio_R.Tanaka.jpg Alumínio | Al, número atômico 13, massa atômica 26

Oxigênio_R. Tanaka.jpg Bolhas de Oxigênio | O - número atômico 8, massa atômica 16

Boro_R.Tanaka.jpg Boro | B - número atômico 5, massa atômica 10

Césio_R.Tanaka.jpg Césio | Cs - número atômico 55, massa atômica 132

Cobre_RTanaka.jpg Cobre | Cu - número atômico 29, massa atômica 63

Cromo_R.Tanaka.jpg Cromo | Cr - número atômico 24, massa atômica 52

Enxofre sólido.jpg Enxofre | S - número atômico 16, símbolo S, massa atômica 32

Enxofre_R.Tanaka.jpg Enxofre | S - número atômico 16, símbolo S, massa atômica 32

Escândio_R.Tanaka.jpg Escândio | Sc - número atômico 21, massa atômica 44

Estanho_R.Tanaka.jpg Estanho | Sn - número atômico 50 e massa atômica 118

Ferro_R.Tanaka.jpg Ferro | Fe - número atômico 26, massa atômica 55

Gálio_R.Tanaka.jpg Gálio | Ga - número atômico 31, massa atômica 69

Háfnio_R.Tanaka.jpg Háfnio | Hf - número atômico 72 e massa atômica 178

Iodo cristal_R. Tanaka.jpg Iodo | I - número atômico 53 e massa atômica 126

Iodo_R. Tanaka.jpg Iodo | I - número atômico 53 e massa atômica 126

Iodo_R. Tanaka_2.jpg Iodo | I - número atômico 53 e massa atômica 126

Irídio_R.Tanaka.jpg Irídio | Ir - número atômico 77 e massa atômica 193

Ítrio_R.Tanaka.jpg Ítrio | Y - número atômico 39 e massa atômica 88

Lítio_R.Tanaka.jpg Lítio | Li - número atômico 3 e massa atômica 6,9

Manganês_R.Tanaka.jpg Manganês | Mn - número atômico 25, massa atômica 54

Nióbio_R.Tanaka.jpg Nióbio | Nb - número atômico 41, massa atômica 92

Níquel_R.Tanaka.jpg Níquel | Ni - número atômico 28, massa atômica 58

Ósmio_R.Tanaka.jpg Ósmio | Os - número atômico 76, massa atômica 190

Ouro_R.Tanaka.jpg Ouro | Au - número atômico 79, massa atômica 196

Ouro2_RTanaka.jpg Ouro | Au - número atômico 79, massa atômica 196

Paládio_R.Tanaka.jpg Paládio | Pd - número atômico 46, massa atômica 106

Platina_R.Tanaka.jpg Platina | Pt - número atômico 78, massa atômica 195

Prata_R.Tanaka.jpg Prata | Ag - número atômico 47, massa atômica 107

Prata2_R.Tanaka.jpg Prata | Ag - número atômico 47, massa atômica 107

Rutênio_R.Tanaka.jpg Rutênio | Ru - número atômico 44, massa atômica 101

Tálio_R.Tanaka.jpg Tálio | Tl - número atômico 81, massa atômica 204

Vanádio_R.Tanaka.jpg Vanádio | V - número atômico 23, massa atômica 50

Zinco_RTanaka.jpg Zinco | Zn - número atômico 30, massa atômica 65

Zircônio_R.Tanaka.jpg Zircônio | Zr - número atômico 40, massa atômica 91

Além de nos aproximar da real estrutura dos nomes que decoramos com frases meio que sem sentido, a fotogenia de cada elemento é capaz de nos fazer lembrar que estes 'blocos' de construção do nosso mundo são muito mais complexos e encantadores do que poderíamos imaginar.


Valéria Scavone

Paulistana e albatroz por consequência. Minha paixão é por 'algos': o improvável, a essência, a unidade, a troca, o diálogo, o existencialismo e a arte, que, sentida e, não necessariamente entendida, transpõe cada um destes algos. Um ser que não está na vida à passeio..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/fotografia// @destaque, @obvious //Valéria Scavone