cá entre nós

Um olhar suburbano sobre a vida que nos cerca

Bruno Mendonça

Bruno Mendonça é administrador, idealista, pretensioso e principalmente, gente boa.

Os Lugares mais assustadores do Mundo

Você acredita em fantasmas ? Conheça os lugares mais misteriosos e assombrados do mundo.


amityville-2-1982-3.jpg

Amityville, Long Island, New York

Número 112 da Ocean Avenue em Amityville, Long Island, Nova York, é supostamente assombrado devido a um assassinato em massa (da família DeFeo), que teve lugar nesta casa na noite de 13 de novembro de 1974.

Em dezembro de 1975, George e Kathy Lutz e seus três filhos mudaram-se para número 112 da Ocean Avenue, e ficaram por pouco tempo, alegando terem sido aterrorizados por fenômenos paranormais produzidos pela casa. Desde o momento em que eles se mudaram, a família Lutz insistia em dizer que havia uma presença estranha na casa.

A característica mais distinguível de número 112 da Ocean Avenue foi seu pátio da frente dramático. Com vista para a rua estavam duas janelas que pareciam olhos, uma característica comum em casas coloniais holandesas. No gramado da frente estava um poste de luz com uma tabuleta que dizia: "High Hopes", um título simbólico da vida famíliar no subúrbio. Ajoelhado atrás do sinal haviam três figuras de crianças orando para uma estátua maior de São José segurando o menino Jesus.

A família Lutz foi atormentada por aparições fantasmagóricas de figuras encapuzadas, moscas que apareceram do nada, calafrios, alterações de personalidade, odores doentios, objetos se movendo, a desconexão repentina de seu serviço de telefone e a comunicação entre o filho mais novo Lutz e um porco que ela chamou de "Jodie". Kathy Lutz informou que foi muitas vezes espancada e arranhada por mãos invisíveis e que em uma noite, ela literalmente levitava para fora da cama.

A família conseguiu resistir por 28 dias antes de recolher seus pertences e fugir da casa. Eles partiram tão rapidamente que não levaram móveis e muitas de seus pertences. Os espíritos demoníacos, segundo eles, levaram-nos a partir de sua casa para sempre.

Bhangarh-Fort-600x450.jpg

Ruínas de Bhangarh, índia

Bhangarh é um local entre Jaipur and Alwar em Rajasthan, India. Cercado por ruínas, Bhangarh é conhecido como um local amaldiçoado, onde ninguém ousa ir durante à noite. O próprio ASI, que é o órgão da Índia responsável por todos os monumentos, adverte a todos que não devem aproximar-se da área! Existe inclusive uma tabuleta há cerca de um quilômetro da entrada que diz: O Governo da Índia

Aviso importante: 1. Entrar nas fronteiras de Bhangarh antes do amanhecer e depois do sol é estritamente proibida. 2. Pastores e lenhadores que entram área Bhangarh enfrentarão medidas legais. 3. É proibida a sujeitar esta árvore para qualquer tipo de dano.

Reza a lenda que o Bhangarh foi amaldiçoado por uma tântrico (um mago que pratica artes negras), Singhia, que estava apaixonado pela bela princesa Ratnawati de Bhangarh. Singhia adicionou uma poção do amor em uma tigela de óleo da princesa, mas as esperanças de Singhia foram frustradas quando Ratnawati arremessou a taça em uma parede.

Ao sentir que sua morte se aproximava, Scindia amaldiçoou o reino de Bhangarh dizendo que a cidade seria exterminada durante a noite, e nunca seria habitada novamente, exceto para os templos. Pouco depois da morte de Singhia, toda a cidade foi saqueada e destruída nas guerras entre Bhangarh e Ajabgarh. Até hoje acredita-se que qualquer pessoa que se aproximar das ruínas à noite não voltará nunca mais.

Monte_Cristo_Homestead-600x478.jpg

Monte Cristo Homestead, Austrália

Monte Cristo Homestead é uma histórica mansão australiana, localizada na cidade de Junee, em New South Wales. Foi construída em Christopher William Crawley em 1885, para a residência da família Crawley, que permaneceu até 1948. Diversos acontecimentos trágicos ocorreram neste local, como a morte por envenenamento do senhor Crawley, a queda de uma empregada doméstica da varanda e a morte de uma criança carbonizada.

Um homem com problemas mentais chamado Harold, o filho de uma empregada que trabalhava em Monte Cristo, foi mantido preso em algemas na Casa do zelador durante quarenta anos. Ele foi encontrado enrolado aos pés do corpo sem vida da mãe, e enviado para um lar para os loucos, onde morreu pouco depois.

A última morte na mansão ocorreu em 1961, quando vigia Jackie Simpson foi assassinado por um jovem local. Depois de assistir ao filme Psicose várias vezes, o menino foi até a propriedade munido de uma espingarda e disparou contra Jackie que morreu instantaneamente. Acredita-se que ele então escreveu as palavras "DIE JACK HA HA" na porta de madeira, uma inscrição macabro que pode ser visto até hoje.

Desde então surgiram relatos de atividades estranhas como sons fantasmas, mutilações de animais, aparições e luzes no interior da mansão.

A principal aparição vista na propriedade é a da Senhora Crawley, a severa matriarca da família. Ela é vista com mais frequência na capela, vestida de preto e carregando uma cruz de prata Segundo informações dos visitantes sua presença é sentida quando repentinamente o aposento se torna mais frio e silencioso. Esta propriedade já foi tema de diversos programas de televisão e alcançou reconhecimento como um dos locais mais assustadores do planeta.


Bruno Mendonça

Bruno Mendonça é administrador, idealista, pretensioso e principalmente, gente boa..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/resenha// @destaque, @obvious //Bruno Mendonça