cadê o futuro

Não tenha pressa, logo, logo chega.

Valter Geronimo Camilo Junior

Co-fundador e idealizador do Puta Letra. Graduando em Direito. Redator freelancer. Sempre incisivo.

ah, o amor

ah, o amor, não me matou. durou tão pouco, já passou.


5692561674_fb8359dd7b_z.jpg União Homoafetiva. Ilustração de Marcel Trindade

O amor é um sentimento que nunca se esgota, sobrevivendo às mutações da vida e adaptando-se ao contexto social. Fato é que o amor movimenta o mundo: instiga, excita e alimenta a esperança, faz com que continuemos na busca pela felicidade plena.

Se procurarmos pela palavra “amor” no dicionário Aurélio, encontraremos, dentre outros, os seguintes conceitos:

1.Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem de outrem, ou de alguma coisa: amor ao próximo; amor ao patrimônio artístico de sua terra. 2.Sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro ser ou a uma coisa; devoção extrema: “Amor é um fogo que arde sem se ver” (Luís de Camões, Rimas, p. 135); “Vereis amor da pátria não movido / De prêmio vil, mas alto e quase eterno” (Id., Os Lusíadas, I, 10); amor a uma causa. 3.Sentimento de afeto ditado por laços de família: amor filial. 4.Sentimento terno ou ardente de uma pessoa por outra, e que engloba tb. atração física: estar louco de amor; casamento de amor.

“Amor é um fogo que arde sem se ver”. A poesia é o refúgio ideal para um sentimento simples e ao mesmo tempo tão avassalador. A música, o cinema, o teatro e todas as artes se nutrem de amor – como também de ódio, de inveja, de rancor, de mágoa. Trata-se de um sentimento universal, belo em sua essência, que não pode ser contido dentro de um conceito, de um poema, de uma música ou de um filme. Ele escorre por entre os nossos dedos.

Amor de mãe, de filho, de vizinhos; amor entre completos desconhecidos, unidos ao acaso; amor entre homem e mulher, entre dois homens, duas mulheres (ou mais, o amor é indiferente a esses detalhes mesquinhos). Amor enquanto carinho, respeito e atenção. É saber ouvir o outro. Estrar no outro e se sentir bem recebido.

Nunca é demais falar de amor, principalmente em tempos de instabilidade, mudança de paradigmas e revoluções sexuais. O amor é um grande catalizador social, ele nos une e nos incentiva a lutar por um mundo melhor, um mundo onde as pessoas possam se amar livremente. O amor traz a inspiração necessária para fazer do mundo um lugar melhor para se viver – e conviver com o outro.

assdfavffdb.jpg Amor Ímpar,Naldo efco/ Ilustração

Amor é essa troca, esse equilíbrio. É a faísca que continua acesa dentro de cada coração, de cada espírito. Um sentimento sobre o qual podemos escrever grandes livros e que cabe, ao mesmo tempo, num singelo abraço de despedida. Ah, o amor é tudo isso. E ainda assim, vai além.


Valter Geronimo Camilo Junior

Co-fundador e idealizador do Puta Letra. Graduando em Direito. Redator freelancer. Sempre incisivo..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Valter Geronimo Camilo Junior