cadê o futuro

Não tenha pressa, logo, logo chega.

Valter Geronimo Camilo Junior

Co-fundador e idealizador do Puta Letra. Graduando em Direito. Redator freelancer. Sempre incisivo.

Santinhos políticos: o lixo que não queremos ver pelas ruas

O nome, em si, é de uma ironia ímpar. Santinho. Do pau oco, como diria minha avó.


Imagen Thumbnail para 1078.jpg

Uma das coisas mais tenebrosas em época de eleição é o tal do santinho político. "Pequeno folheto de propaganda eleitoral com a foto, o número e o nome do candidato", segundo o dicionário Michaelis. Prefiro chamar de pequeno-papel-escroto-que-só-serve-para-sujar-a-rua.

O nome, em si, é de uma ironia ímpar. Santinho. Do pau oco, como diria minha avó.

Só de pensar que esse costume publicitário tem suas raízes na igreja católica, que distribuía pequenos folhetos com imagens de santos, já vai batendo certa desconfiança.

O diabo todo nem é o santinho, mas a forma indiscriminada com que os candidatos espalham esse material por aí. No começo das campanhas é tudo muito bonito. É chato ser interpelado dezenas de vezes por pessoas cuja única missão na terra é entregar santinhos - prefiro as Testemunhas de Jeová -, mas dessa forma fica fácil dar a destinação correta ao pequeno-papel-escroto: o lixo.

Às vésperas da eleição é que a coisa fica feia. Não raras vezes é possível flagrar pessoas jogando centenas de santinhos na rua, sem a menor vergonha na cara.

As ruas viram verdadeiros tapetes, cobertas por santinhos dos mais variados. Na verdade, as diferenças entre um e outro são mínimas. O que muda, basicamente, são os rostos e os números.

Não me surpreenderia em nada descobrir que são todos feitos pela mesma empresa de santinhos.

Basta dar uma olhada na tiragem, indicada nas letras miúdas, para se ter uma noção da quantidade de material inútil produzido por esse método invasivo e nada sustentável de publicidade.

**

Lugar de lixo (leia-se santinho) é no lixo.


Valter Geronimo Camilo Junior

Co-fundador e idealizador do Puta Letra. Graduando em Direito. Redator freelancer. Sempre incisivo..
Saiba como escrever na obvious.
version 6/s/sociedade// //Valter Geronimo Camilo Junior