café amargo

Açúcar ou adoçante?

Fernanda Pacheco

Tem 20 anos, é formada em história e aprecia certa miscelânea cultural

O minuto mais intenso na vida de Marina Abramovic

Durante 12 anos Marina Abramovic e Ulay formaram um casal genial completamente diferente do padrão que estamos acostumados, com parcerias artísticas do início ao fim, tendo um adeus ímpar no término da relação.
O reencontro desses artistas muitos anos depois ficou famoso por ser um dos minutos mais intensos de todos os tempos, sem exagero.


Abramovic_AAA_AAA_1.jpg Ulay e Marina Abramovic

Você já deve ter visto circulando pela internet o vídeo de Marina Abramovic reencontrando seu antigo parceiro de vida, Ulay. Digo "de vida" porque durante os 12 anos que eles ficaram juntos rolou uma parceria artística de alto rendimento, polêmica e muito intensa. Aqui no Obvious já falaram um pouco da Marina.

No dia 30 de março de 1988 o casal de artistas performáticos se separou, mas não foi simples assim. Aliás, nenhum fim é simples. Foi um término que resultou no que seria o último trabalho deles, chamado The Lovers – The Great Wall Walk, e aconteceu na Muralha da China! Partindo de sentidos opostos, eles caminharam até o meio e quando se encontraram, meses depois, romperam de vez. Cada um seguiu para o seu lado e fim. Ponto final.

tumblr_ma2ktaWBcC1r23hd5o1_1280.jpg A performance do adeus

Acontece que em 2010 o The Museum of Modern Art (MoMA) fez uma retrospectiva da carreira de Abramovic exibindo inclusive resultados da parceria dela com Ulay. Obviamente estava acontecendo uma performance bastante famosa dela chamada The Artist is Present, onde ela ficava sentada de frente para qualquer pessoa com um vestido vermelho, olhando nos olhos durante um minuto de silêncio, estabelecendo uma conexão extremamente profunda. Era difícil não sentir alguma coisa com aquele olhar... Lou Reed e Patti Smith, por exemplo, passaram por essa experiência com ela.

O que Abramovic não estava esperando era reencontrar Ulay naquela ocasião! Pois é, ele apareceu para visitar as obras dela (e dele), viu as reproduções de performances que eles fizeram há muito tempo e por fim, sentou-se na cadeira para encarar o olhar intenso dela durante um minuto. Como eu disse, ela não esperava e isso ficou estampado na reação e na expressão facial da artista quando abriu os olhos e viu seu antigo companheiro.

marina.jpg O reencontro marcante de Ulay e Marina Abramovic

É emocionante, comovente, lindo, triste e em um minuto você é capaz de sentir várias outras coisas (nem todo mundo). A maneira como os dois se relacionam através dos olhos nesse vídeo é única. Eu aqui falando não adianta nada, até porque esse texto já ficou extremamente meloso!

Faz o seguinte, dá play no vídeo!


Fernanda Pacheco

Tem 20 anos, é formada em história e aprecia certa miscelânea cultural.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/Arte// //Fernanda Pacheco
Site Meter