café amargo

Açúcar ou adoçante?

Fernanda Pacheco

Tem 20 anos, é formada em história e aprecia certa miscelânea cultural

Versões musicais famosas que deram certo!

Versões de músicas famosas (ou não) costumam deixar a gente com um pé atrás sempre! Principalmente quando outro artista conhecido resolve regravar uma música que já era consagrada. O perigo aumenta ainda mais porque na maioria das vezes, ao regravar determinada música, o artista decide inovar e criar sua própria melodia, algo que seja mais relacionado com o seu estilo e então, de duas uma: ou o negócio dá MUITO certo, ou ele entra pro ranking de "piores versões do mundo". Aqui eu tentei selecionar só coisa boa!


abertura.jpg Bowie e Lennon, com Yoko e Simon & Garfunkel

A minha intenção aqui é falar de coisa boa, por isso listei algumas versões musicais que funcionaram e ficaram bem legais. O interessante dessas versões é que a maioria funciona como "homenagem" e parcerias como o caso que inaugura esta listinha. A principal coisa que eu recomendo é: dê o play nos vídeos e aprecie as músicas!

Recentemente o Bowie lançou o seu novo álbum "The Next Day" e ali ele mesmo se revisita, o que é genial e para poucos! Aqui ele abre a lista com a sua versão de "Across the Universe" dos Beatles! Reza a lenda que o moço regravou a música pra se aproximar de John Lennon. Pelo jeito funcionou, né?

david-bowie-tuxedo.jpeg

Bowie também foi muito visitado! A banda Nirvana fez isso no acústico MTV:

Vale lembrar que o Nirvana foi visitado pela Patti Smith e a cantora deu um plus na música "Smells Like Teen Spirit", incluindo uma poesia:

Nesse caso aqui, o Tom Waits visitou o Phil Phillips:

E a Cat Power resolveu visitar a versão do Tom Waits pra mesma música:

Aliás, a Cat Power gravou um álbum só com versões incríveis! Eu gosto muito da visita que ela fez ao clássico do Oasis:

E o Oasis, sendo uma banda extremamente fã e devota dos Beatles, não podia ficar fora desta lista:

Voltando ao Tom Waits, ele teve uma versão feita pelos Ramones que virou clássico dos clássicos:

tom ramones.jpg

Na minha opinião, a melhor versão de todos os tempos foi feita pelos Stones! E obviamente é a versão da classuda música do Dylan:

item4.rendition.slideshowHorizontal.ray-ban-ss05.jpg

O DEVO visitou os Stones e fez uma versão oitentista do hit "I can't get no satisfaction" que deu certo:

Eu gosto quando a versão fica diferente da original! Acho uma façanha genial quando isso funciona! O Cake fez isso com a balada de "I will survive" da Gloria Gaynor:

Também gosto quando a versão não muda quase nada em sua "estrutura". E convenhamos: Elvis Costello visitando Charles Aznavour é algo incrível de qualquer forma:

Existem músicos que às vezes erram, mas também acertam. A cantora Lana del Rey já errou feio na hora de cantar "Heart Shaped Box" do Nirvana, mas nesta semana ela divulgou sua versão de "Chelsea Hotel nº2" do incrível Leonard Cohen. Olha só:

É lógico que não supera a versão de Jeff Buckley para "Hallelujah":

Aqui no Brasil essa moda também pegou e faz tempo. Tom Jobim que o diga! Ele recebeu inúmeras visitas musicais do mundo inteiro! No filme "A música segundo Tom Jobim" essas regravações aparecem aos montes, sem contar que o filme é lindíssimo. A minha favorita é a da Ella Fitzgerald para "Desafinado":

20081016125621_5034_large_tom-jobim.jpg

Entre os cantores da "nova safra" brasileira também existem várias versões bacanas! A banda Vanguart já visitou Caymmi, por exemplo:

A Mallu Magalhães costuma fazer várias homenagens de boa qualidade! Aqui entre nós, eu gosto de todas. Neste ano ela participou do disco "Mulheres de Péricles" -- um projeto que reuniu quase todas as moçoilas do cenário musical atual para interpretar livremente as composições do cantor e compositor Péricles Cavalcanti. O CD ficou lindão e a versão da Mallu para "Elegia", uma composição de Péricles com Caetano Veloso nos anos 70, foi muito elogiada:

tumblr_mgo5l1c32n1qic3t5o1_500.jpg

Neste mesmo projeto também participa a cantora Tiê! Ela regravou "Medo de Amar", mas aqui ela entra com sua versão "exótica" da música "Você não vale nada". É, aquele forró, lembra? Olha só a adaptação que a moça fez:

A Tiê já fez versões de músicas do John Lennon com este cantor aqui, o Thiago Pethit. No link abaixo está uma versão dele para a música "Surabaya Johnny" de Bertolt Brecht que entrou no último CD (maravilhoso, vale lembrar) do moço, o "Estrela Decadente". Ah, nesta versão tem a participação da Cida Moreira, outra cantora fabulosa:

Existe mais uma infinidade de músicas que ficaram legais! Sinta-se livre para mostrar as suas preferidas nos comentários. Quero ressaltar que muito do meu gosto pessoal entrou nesta lista e, evidentemente, você pode discordar das minhas escolhas! E pode também concordar e (deve) se deliciar com o que foi postado.


Fernanda Pacheco

Tem 20 anos, é formada em história e aprecia certa miscelânea cultural.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/musica// //Fernanda Pacheco