café não te deixa mais cult

Sabe o que há entre uma xícara de café e outra? Literatura, fotografia, cinema, música... Arte.

Marcelo Vinicius

“Não fazemos uma foto apenas com uma câmera; ao ato de fotografar trazemos todos os livros que lemos, os filmes que vimos, a música que ouvimos, as pessoas que amamos” (Ansel Adams).

'Nu Cotidiano' da fotógrafa Andrea apresenta pessoas nuas em suas rotinas

Fotógrafa campineira faz projeto de intervenção sobre Nu Cotidiano.


582301_415480301855127_436645358_n.jpg

Num país de tabus, qualquer projeto que saia do comum gera certa repercussão. E é o que acontece com o projeto Nu Cotidiano, projeto fotográfico idealizado e realizado pela fotógrafa brasileira Andrea de Lima.

Ela fez uma intervenção fotográfica em uma festa organizada por Veridiana Weinlich e Lucas Barata. 14 pessoas nuas estiveram presentes no bar do Porão Pub, em Sousas (SP). Na página do projeto, está o agradecimento às pessoas que se dispuseram a tirar a roupa para uma plateia de mais de duzentas pessoas. No texto do projeto, a mensagem diz: "Todo mundo nasce pelado e esta é uma afirmação impassível de ser contradita".

Contudo, mal nascemos e já nos enfiam uma touca na cabeça, nos enrolam num pano e nos cobrem as vergonhas. Afinal, pra que tanta vergonha? O projeto Nu Cotidiano tem o intuito de despir a imagem pecaminosa que a nudez carrega consigo, retratando pessoas comuns, nuas, realizando ações de seu próprio cotidiano.

Além de intervenções em festas, a ideia principal do trabalho de Andrea é convidar amigos e pessoas para ficarem sem roupa fazendo coisas do cotidiano como por exemplo trocar uma lâmpada ou mesmo ficar de boa lendo um livro.

“Todo mundo nasce pelado e esta é uma afirmação impassível de ser contradita. Contudo, mal nascemos e já nos enfiam uma touca na cabeça, nos enrolam num pano e nos cobrem as vergonhas. Afinal, pra que tanta vergonha? O projeto Nu Cotidiano tem o intuito de despir a imagem pecaminosa que a nudez carrega consigo, retratando pessoas comuns, nuas, realizando ações de seu próprio cotidiano”, explica Andrea em seu Tumblr.

Andrea também deixa um recado para os interessados:

Quer posar? Você aí que também adora ficar pelado ou que quer vir para o lado nu da força, mande um e-mail para: [email protected]

É importante ressaltar que não será possível fotografar todo mundo. Escolherei os candidatos com base na distância que morarem da minha cidade - Campinas (SP). Atualmente, o projeto é independente, ou seja, inteiramente financiado por mim, logo, viagens longas ainda estão fora de cogitação.

Elogios, críticas e ofertas de patrocínio também são bem vindas na caixa de entrada.

As imagens representam o belo na essência, e foge dos padrões impostos pela sociedade e pela mídia.

Confira o Tumblr do projeto: http://nucotidiano.tumblr.com

tumblr_n1773lyJyZ1tq9qfvo1_1280.jpg

57.jpg

74.jpg

84.jpg

105.jpg

117.jpg

tumblr_mzxe81uMX81tq9qfvo1_1280-682x1024.jpg

tumblr_n1nrzjwG1X1tq9qfvo1_1280-682x1024.jpg

tumblr_n234fdevuE1tq9qfvo1_1280-1024x682.jpg

3101.jpg

* Carta Campinas / Idea Fixa


Marcelo Vinicius

“Não fazemos uma foto apenas com uma câmera; ao ato de fotografar trazemos todos os livros que lemos, os filmes que vimos, a música que ouvimos, as pessoas que amamos” (Ansel Adams)..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/fotografia// @destaque, @obvious, eros //Marcelo Vinicius