catarina pires

A Catarina é uma sonhadora nata. Gosta de acreditar que existe de facto uma uma Terra do Nunca, onde tudo nos é permitido. Alimenta a Alice que existe nela e deixa-se viajar para o País das Maravilhas com muita regularidade. É fascinada pelo universo da Fotografia, Cinema, Literatura e Criatividade Publicitária.

Steampunk - Arte e Movimento


ZZ72B1B939.jpg

Para alguns a arte no corpo, para outros uma ideologia que agarra a ficção científica, percorre o tempo e instala-se na nossa sociedade desde o final dos anos 80.

Steam, ou vapor em português; Punk, a ideologia e estilo de vida cultural. Estas duas palavras juntas, designam o movimento Steampunk que é hoje representado através de diversas manifestações artísticas. Do cinema, à música, à dança até à representação da sua arte no corpo.

Não é difícil entender o movimento Steampunk se o pensarmos enquanto história. Uma história que se enquadra no universo da ficção cientifica, que remonta ao reinado da Rainha Vitória no Reino Unido e agarra tudo o que acarreta essa era, tendo como base a revolução industrial e as novas invenções como a máquina a vapor. O Steampunk cria uma realidade espácio-temporal utópica, na qual a tecnologia mecânica a vapor teria evoluído até níveis impossíveis, deixando-se fundir com o corpo humano. Muito da origem deste movimento vem da variante "Cyberpunk", sendo as maquinas cibernéticas substituídas pelas tecnologias da era do vapor. Conseguimos imaginar este tipo de teoria se pensarmos na Literatura que deu origem a este movimento, como é o caso de Julio Verne e Mark Twain.

steampunk movimento artistico arte punk

Quando o movimento Steampunk começa a ser representado no corpo, através de admiráveis tatuagens, dá-se o efeito surpresa na maioria dos interessados, pois o realismo tridimensional com que são recheadas choca e conquista qualquer olhar mais atento.

Para além de um trabalho árduo, falamos de tatuagens que expressam a fusão da natureza com a tecnologia, do corpo com a máquina. Criando-nos, muitas vezes, a ilusão óptica de que em qualquer parte do nosso corpo foi introduzida uma máquina, o que faz de nós seres meio humanos meio tecnológicos. Somos informados, visualmente, de que a tecnologia é uma extensão do corpo humano.

O estilo Vitoriano onde se criam utopias limpas, o avanço da tecnologia, movimentos urbanos e viagens no tempo são temas recorrentes nas tatuagens Steampunk.

O relógio constituí um dos símbolos deste género por representar a viagem no tempo, a aparente fragilidade que é superada através da sua natureza complexa científica, e por expressar uma esplêndida beleza estética. A elaboração deste trabalho difícil e de longas horas resulta num conjunto de imagens surpreendentes, da pele que é rasgada pela máquina que forma o corpo ao tempo que ganha asas mecanicamente, tudo serve para enriquecer o lado estético no olhar de cada um.

Hoje, o Steampunk mais do que uma arte, tornou-se um estilo de vida. Deste universo fazem parte um conjunto de áreas, passando pela moda ao cinema. Tudo é permitido para quem segue este estilo cultural.

steampunk tattoosteampunk tattoo

steampunk movimento artistico arte punk


catarina pires

A Catarina é uma sonhadora nata. Gosta de acreditar que existe de facto uma uma Terra do Nunca, onde tudo nos é permitido. Alimenta a Alice que existe nela e deixa-se viajar para o País das Maravilhas com muita regularidade. É fascinada pelo universo da Fotografia, Cinema, Literatura e Criatividade Publicitária..
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //catarina pires