certa relevância

Sem um assunto certa relevância eu não escrevo, tampouco sou lida.

Roberta Simoni

Roberta Simoni é escritora, escritora e escritora. Todas as outras funções que desempenha são menos relevantes aqui.

  • 088ad6c8214e923014e38347f848f062.jpg
    Dane-se o transtorno, precisamos falar sobre separação

    Separações não deveriam nos levar a perder, mas a recuperar a fé no amor. Pessoas se separam todos os dias justamente porque se atrevem a acreditar que podem voltar a amar e serem amadas.

  • 8058802c71d41effe9e9807e55964d54.jpg
    A mulher que restou

    Sabe essa mulher que restou depois de mais uma separação? Então. Eu olho pra ela com todas essas feridas à mostra e fraturas expostas e percebo: ela tá muito mais inteira agora.

  • Ok.jpg
    Você tá precisando transar

    Por um mundo onde as pessoas façam mais sexo e menos mimimi...

  • 000_par8185325.jpg
    Adeus às juras de amor eterno trancadas sobre o Rio Sena

    O que aprendemos com a retirada das grades com os “cadeados de amor” da Pont des Arts?

  • S. Hood. Sydney embarkation, 13 Settembre 1940.jpg
    A última vez

    A vida não costuma avisar quando alguma coisa vai acontecer ou terminar. Não é como se ela tivesse um sensor que apita quando o combustível está acabando, se fosse assim, se chamaria carro e não vida.

    Algumas vezes você pode até receber pistas ou sinais, é o que chamamos de intuição. Mas, na maioria esmagadora das vezes, não se iluda, isso não vai acontecer. E quando/se acontecer, você estará distraído ou ocupado demais para perceber.

  • facebook-ipad-20120514-02-original.jpeg
    Os mortos vivem online

    Estima-se que mais de dez milhões de perfis nas redes sociais são de pessoas que não estão mais entre nós. Naturalmente, a tendência é que esse número aumente cada vez mais. Você já parou para pensar em como lidar com isso? Pois deveria.

  • 304982_10200230557317040_1354298385_n.jpg
    A genialidade dos loucos

    Todo mundo possui algum tipo de loucura, de maior ou menor grau. O papel da sociedade é separar os loucos funcionais dos não funcionais (sem falar nos perigosos que, de fato, precisam ser afastados). O que pouca gente sabe, no entanto, é que as pessoas tratadas em clínicas psiquiátricas são tão ou mais funcionais do que a maioria que anda solta por aí. Distúrbios mentais geralmente estão atrelados a muita sensibilidade, talento e inteligência.

  • 20131029_livros_115791277-620x270.jpg
    Autoajuda ou atrapalha?

    Os livros de autoajuda oferecem "receitas mágicas" para alcançarmos a felicidade plena, o equilíbrio, o sucesso, o emprego dos sonhos, o relacionamento perfeito. Daí nós tentamos, obviamente não conseguimos e acabamos virando uma legião de frustrados.

  • Entrevista.jpg
    Ricardo Darín: por que amamos?
    Entenda o que faz do ator portenho a personalidade mais importante do entretenimento argentino da última década!