chrizoca

Expressando os sentimentos como exercício para a alma

Christiane Afondopulos

Psicóloga e Advogada, mas que acima de tudo ama escrever e se encontrar em meio às palavras.

QUE SAUDADE DE ANDAR NO PORTA-MALAS DO FUSCA DA VOVÓ

Será que todos preferem viver nos dias de hoje? Ou será que antigamente era mais divertido?


fusca.jpg

Muita coisa mudou de uns anos pra cá, muita evolução, muita tecnologia, muitas formas novas de comunicação, várias regras e normas que antes não existiam.

Me lembro do tempo em que andava de qualquer jeito, meio desarrumada. Lembro também do tempo em que meus pais atendiam o telefone e me chamavam pra falar com minha amiga da escola. Lembro das viagens com meu pai dirigindo e escutando fita cassete tocando música da Baby Consuelo. Lembro do mais legal, das cartas que escrevia para as amigas e ainda colava milhões de adesivos lindos e coloridos...esperava ansiosa as minhas pelo correio. Lembro ainda de uma amiga da minha mãe que levava a maior galera pro colégio, e quando não tinha mais espaço nos bancos, uns pulavam pro porta-malas.

Mas eu gostava mesmo era de andar no porta-malas do fusca da vovó, mesmo que tivesse lugar no banco, porque a diversão era correr na estrada se jogando de um lado pro outro, lá atrás, pura aventura!

Outra coisa maravilhosa era sair correndo pra praia quando caia a maior tempestade, ou ficar no mar até tarde da noite boiando em cima da prancha. Ninguém controlava, ninguém dizia que era perigoso.

Quem nunca tocou a campainha da vizinhança toda e saiu correndo? Ou deu altas voltas de carro com aquele amigo que não tinha carteira de motorista?

Quem nunca jogou uma bombinha no banheiro da escola? Mas quando o professor pegava, a bronca era certa, e nenhum pai reclamava ou pedia explicação pro professor, ele tinha autoridade.

As pessoas também costumavam conversar alto e contar piadas, e ninguém enxergava nisso alguma malícia ou preconceito.

Pois é, os tempos mudaram, e agora nem tudo pode, nem tudo se entende. É muita informação, muita proibição, muito preconceito, muito whatsapp, muita gente querendo ficar bonita na foto e esquecendo de brincar descabelada na chuva.

Claro que muita coisa evoluiu pro bem, pra construir uma sociedade melhor e mais justa. Mas temos que concordar que anda ficando tudo chato demais.

Isso acontece por conta dos extremismos, porque as pessoas andam fissuradas em encontrar culpados e criar conflitos. Não há mais humor, e parece que a liberdade está indo na direção contrária.

Existe uma frase que faz muito sentido: “os jovens de hoje viverão mais se fizerem duas coisas: usarem filtro solar e cinto de segurança.”

Temos que concordar com isso, sem dúvida, mas que eu sinto saudade de andar no porta-malas do fusca sem regra nenhuma...ah como sinto!!! Era muito mais divertido viver antigamente!!!


Christiane Afondopulos

Psicóloga e Advogada, mas que acima de tudo ama escrever e se encontrar em meio às palavras..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/recortes// @obvious //Christiane Afondopulos