Débora Cerveira

Formada em moda e amante do universo das artes.
Apaixonada por literatura e colecionadora de sonhos.
Maluca por natureza.

Tim Burton: ideias sombrias tratadas de forma lúdica

Conhecido por apreciar e abordar os assuntos sombrios de forma lúdica, Tim Burton tem sua identidade própria e coloca em seus filmes seu gosto pelo sobrenatural. Sua criatividade e imaginação ganham, no ano que vem, uma exposição em São Paulo. Conheça um pouco desse misterioso diretor!


Tim Burton O Estranho Mundo de Jack

Tim Burton, ou Timothy Walter Burton, é um famoso cineasta americano. Seus filmes possuem características marcantes e inconfundíveis como a seleção de atores e seu gosto peculiar por assuntos ligados à morte e ao sobrenatural, assuntos que são sempre tratados de uma forma bem lúdica e artística em seus filmes e principalmente, animações.

Com grande imaginação, Tim Burton descreve sua própria infância como “peculiar” e já contou publicamente que teve muitas dificuldades na escola. Seus maiores prazeres quando criança eram assistir filmes de terror e ler livros com temas sombrios. Gostava tanto que seu autor preferido era o escocês Edgar Allan Poe, famoso por contos de terror como “O gato preto” e “O Corvo”.

Sua vida mudou quando ele pôde, ao terminar o colegial, extravasar toda a criatividade ao adquirir uma bolsa, fornecida pelo Walt Disney Studios, para cursar Animação em uma universidade da Califórnia. Após três anos de muito estudo, ele foi contratado como aprendiz pelos estúdios da Disney, trabalho que foi importantíssimo para Burton aprender ainda mais.

Tinha muito interesse em filmes que abordavam a morte, por isso, após auxiliar no filme “ O Cão e a Raposa” ele, insatisfeito com a direção de arte, criou três curtas metragens, entre eles estava a animação “Frankenweenie”.

Frankeweenie_2.jpg Frankenweenie

A animação, que conta a história de um menino que ressuscita seu cachorro quando ele morre, foi lançada recentemente (2012) pela Disney, mas na época em que foi criado, 1984, foi rejeitado pela equipe ao ser considerado sombrio demais para um filme infantil e por isso Burton foi demitido de seu cargo.

Mesmo com esse acontecimento em sua vida, Burton nunca deixou para trás seu gosto pelo sobrenatural e sua vontade de criar. Seus interesses e olhar artístico foram fatores importantes que tornariam-se, mais tarde, sua marca registrada na abordagem de filmes, animações e readaptações.

Alguns anos depois, seus filmes começaram a chamar a atenção da crítica. Três anos se passaram quando Tim Burton lançou “Os fantasmas se divertem (Beetlejuice)” (1988) filme que misturava comédia com sobrenatural e que chamou tanto a atenção do público que resultou em um Oscar por Melhor Maquiagem.

Além desses, filmes como "Batman" (1989), "Batman – O Retorno" (1992) e "Edwards Mãos de Tesoura" (1990), foram praticamente campeões de bilheteria.

O filme "Edwards Mãos de Tesoura" também foi o início de uma grande parceria que dura até hoje. Neste longa metragem, Tim Burton colocou Johnny Depp no papel principal, a escolha fez tanto sucesso que hoje o consagrado ator participa de quase todos os filmes do diretor.

Edward, Mãos de Tesoura.jpg Edward, Mãos de Tesoura

Tim Burton fez mais outros grandes filmes como “Marte Ataca” (1996), “A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça” (1999), "Peixe Grande" (2003), Readaptação de “A Fantástica Fabrica de Chocolate” (2005), “Noiva Cadaver” (2005), "Sweeney Todd" (2007), "Estranho Mundo de Jack" (1993) e mais 30 outros filmes.

Infelizmente, nem todos os filmes dirigidos por Tim Burton foram sucesso de bilheteria, na realidade, muitos deles foram bastante criticados no setor.

Em alguns de seus filmes, Burton selecionou para estrelar a atriz inglesa Helena Bonham Carter, conhecida pelo papel de Belatriz Lestrange em Harry Potter. Helena é sua esposa, e sua participação também fez muito sucesso. Ela estrelou filmes como "Big Fish" (2003), dublou a animação “A Noiva Cadáver" (2005), "Sweeney Todd" (2007), filme que rendeu indicações para diversos prêmios, "Alice no País das Maravilhas" (2005) e "Sombras da Noite" (2012).

Sweneey Tood.jpg Johnny Depp e Helena Bonham Carter

Alice no Pais das Maravilhas.jpg Helena Bonham Carter em Alice no País das Maravilhas

Com esse universo muito particular, Tim Burton ganhou uma exposição que rodou alguns países e que chega à São Paulo em 2016, no MIS (Museu da Imagem e do Som), para homenageá-lo.

A Exposição contará a história do diretor através de filmes, miniaturas de personagens, ilustrações e sketches. Vale a pena ir conferir, pois apesar de Tim Burton não ter sido sempre aclamado pela crítica, ele é sinônimo de imaginação e originalidade e nos presenteia com o despertar de um universo lúdico e muito criativo.

Exposição Tim Burton.jpg Exposição Tim Burton


Débora Cerveira

Formada em moda e amante do universo das artes. Apaixonada por literatura e colecionadora de sonhos. Maluca por natureza..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/cinema// @destaque, @hplounge, @hp, @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Débora Cerveira