Débora Cerveira

Formada em moda e amante do universo das artes.
Apaixonada por literatura e colecionadora de sonhos.
Maluca por natureza.

Estilo e Liberdade: Iris Apfel

Como viver uma vida plena de autenticidade e felicidade na moda?
Iris Apfel nos ensina!


Estilo próprio, autenticidade e originalidade na moda é possível. Iris Apfel, um ícone fashion de quase um século, atualmente com 93 anos, é a prova disso e nos mostra que nunca é tarde para se vestir bem.

Iris-Apfel_08.jpg

Iris Apfel nasceu em Nova Iorque e herdou o olhar artístico de sua mãe, Sadye Barrel, empreendedora, dona de uma boutique de moda.

Estudou artes e, mais tarde, trabalhou em diversos lugares, entre eles no "Womens Wear Daily". Teve empregos que permitiram-na exercer e viver com criatividade. Além disso, realizou diversos projetos de design para lugares importantes, um deles foi para a Casa Branca.

Casou-se com Carl Apfel e juntos abriram uma empresa têxtil que mantiveram até 1992. Seu marido morreu alguns dias antes de completar seu 101º aniversário.

Após o fechamento da empresa, eles viajaram o mundo e, nessas viagens, Iris comprava peças produzidas de forma praticamente artesanal. Iris, que já era símbolo de personalidade, foi aos poucos sendo sinônimo de estilo e liberdade.

Ela sempre teve uma fortíssima veia fashion e sempre se vestiu muito bem, mas foi apenas após os 50 anos que ela começou a se destacar por não ter medo de ser ela mesma, ensinando mulheres a serem mais livres em relação a seus estilos.

Participou de projetos como " Best dressed over 50's" by The Guardian e, atualmente, é a estrela do documentário homônimo do diretor Albert Maysles (falecido em 2015). No filme, Iris apresenta seu dia-a-dia, a forma como se veste, onde costuma comprar e a sua paixão pela moda. "Iris, uma vida de estilo" (2014), nos dá uma aula de liberdade e bom gosto.

Iris nos ensina que para viver uma vida plena de autenticidade, devemos nos libertar das amarras e dos pensamentos críticos que nos prendem. Não há nada mais original e expressivo do que se vestir com roupas e acessórios sem medo de ser feliz e sem medo do que os outros poderiam pensar.

Sua criatividade e senso artístico lhe renderam uma variedade de capas e editoriais de moda em renomadas revistas, além de a ter permitido que ocupasse seu lugar: o de Ícone Fashion.

Vamos libertar dos pré-conceitos que nos prendem, pois, como escreveu Elizabeth Gilbert em seu livro "A Grande Magia": " (...) Conheci uma mulher inteligente (...) que me ofereceu um sábio conselho de vida "Passamos a faixa dos 20, 30 anos" ela disse, "fazendo um esforço enorme para tentar ser perfeitos, porque nos preocupamos demais com o que os outros pensam de nós. Então chegamos aos quarenta, cinquenta e finalmente começamos a ser livres, pois decidimos que não estamos nem aí para o que pensam de nós. Mas você não vai ser completamente livre até chegar aos sessenta, setenta, quando finalmente compreenderá esta verdade libertadora: ninguém nunca esteve pensando em você de qualquer forma".

a967fc09a3aa4f1b9f71f5f763cbe8c5.jpg

iiii.jpg

tumblr_nbso6mpgRh1txdahyo5_1280.jpg


Débora Cerveira

Formada em moda e amante do universo das artes. Apaixonada por literatura e colecionadora de sonhos. Maluca por natureza..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Débora Cerveira