comportamento

O comportamento humano sob vários olhares

Suzanne Leal

Existe sempre uma possibilidade

Pin-Ups - a delicadeza e a feminilidade que ultrapassam gerações

A delicadeza e a feminilidade das pin-ups ao longo das gerações. O mistério que há por trás dessas belas imagens que povoam o imaginário das pessoas.


one_for_the_money_1_.jpg

Poses sensuais que insinuam e inspiram, um paradoxo de delicadeza e erotismo, esta é a combinação que caracteriza as belas pin-ups. Imagens repletas de feminilidade começaram a surgir na década de 1940 nos Estados Unidos e repercutiram através do mundo logo após a Segunda Guerra Mundial.

As pin-ups representam um jeito delicado de erotismo que exercem grande influência até os dias de hoje. O termo foi documentado pela primeira vez em inglês em 1941 e referia-se a desenhos ou pinturas que apareciam frequentemente em calendários, os quais eram produzidos para serem pendurados (daí o termo pin-up) em oficinas.

Gil_Elvgren-1[1].jpg

Também estampavam os mais diversos anúncios – desde a Coca Cola à Indústria Bélica – assim como também estampavam os alojamentos dos soldados que cultuavam as imagens como símbolo de sexualidade e fetiche masculino.

Enquanto outras personalidades alcançaram o seu auge por um estilo específico e marcante, nenhuma delas conseguiu ultrapassar tantas mudanças e gerações como as pin-ups. A grande maioria entra em declínio até o total esquecimento. Já as sensuais pin-ups, permeadas pelo significado de autonomia e fortaleza feminina, habitam o imaginário das pessoas há décadas, firmando-se até os dias atuais.

600full-gil-elvgren.jpg

Os motivos são inúmeros, elas são belas e encantadoras, donas de um erotismo sutil, marcadas por ingenuidade, inocência e uma sensualidade rara que encanta a todos os olhos, refletindo uma presença segura e afirmadora do ser mulher.

A mais famosa pin-up Betty Grable – atriz sueca, fascinante e encantadora pela sua aura de mistério, estreou o filme Pin-Up Girl em 1940 – demarcou uma época com sua foto em traje de banho, olhando para trás por sobre o ombro direito, sendo causadora de grande alvoroço após a Segunda Guerra Mundial.

0003.jpg

De Betty Grable a Marilyn Monroe e Lana Del Rey, as pin-ups girls, permeadas pelo seu ar de mistério, revelam o cenário contraditório da sensualidade feminina, mostrando a mulher em sua essência e forma mais ricas, sem a exigência do rigoroso padrão de beleza cultuado pela ditadura da magreza.

As pin-ups representam a mulher em suas formas voluptuosas, acentuada por cintura fina e contornos naturais, retratando a mulher com profundeza e particularidade. Com olhar romântico e sorriso inocente, mostram um perfeito e leve erotismo sem vulgaridade, o que permite transparecer um ar de mistério e fantasia.

Por trás dos seus rostos e poses, existe uma mulher, cheia de desejos e mistérios, alguém que tem muito a ser descoberto, alguém que anseia por desejo, vida e intensidade. Esta imagem acalenta a curiosidade não só do universo masculino, mas dos mais diversos tipos de pessoas e sociedades. A sensualidade presente no Mistério que é o não mostrar o óbvio está presente em todas as culturas. É um atrativo que está arraigado a alma das pessoas, a curiosidade humana, principalmente pelo que é sexy, belo e encantador.

007gil elvgren. 007.jpg

Talvez este seja o motivo mais firme e forte, e ao mesmo tempo tão pouco frisado ou observado, é algo que não está estampado em primeira mão aos nossos olhos. Para enxergá-lo, é preciso ter um olhar mais delicado, instigante e profundo. É preciso saber decifrar toda a suavidade contornada pelo erotismo presente no corpo e na alma femininos.

As pin-ups trazem um ar de fragilidade e mistério que instigam o desejo das pessoas em descobrir qual o segredo delas, o que estas mulheres escondem tão intensamente que tanto nos envolve, qual o enigma a ser decifrado. Uma espécie de enigma que arremata a curiosidade até dos menos curiosos e te faz morder a isca. E então, você é fisgado, como uma espécie de encantamento mágico, acompanhado por uma pergunta que cutuca incessantemente: o que há por trás dessas imagens?

000654.jpg

O mais famoso desenhista de pin-ups Gil Elvgren, fotografava pessoalmente as modelos, logo depois retocava à mão algumas partes do corpo e os cenários, transformando-as em pin-ups. Ele conseguiu retratar o que havia de mais belo na mulher, principalmente numa época, em que a exposição da beleza feminina era motivo de imoralidade e vergonha.

831.jpg

Outras pin-ups famosas demarcaram o decorrer da história: Rita Hayworth, eternizada como um mito do cinema; Lauren Bacall, encantadora com sua voz rouca e aparência sensual; Brigitte Bardot, um mistura de ninfeta com femme fatale; Dita Von Teese, fetichista assumida, re-inovadora do estilo pin-up associando-a ao "burlesco"; Amy Winehouse, com seu glamour e toque contemporâneo; Kate Perry, com seu ar delicado e sensual.

Por último, a incrível e marcante Lana Del Rey, com seu estilo retrô e referência Hipster, define o mais importante estilo pin-up na atual geração. Contornada pelo estilo romântico, melancólico e sensual, encanta e envolve com seu ar nostálgico e misterioso.

000094.gif

Ressignificadas a cada geração, as pin-ups nunca deixaram de ser sinônimo de delicadeza e sensualidade feminina. E enquanto o mistério fizer parte do imaginário humano, jamais deixarão de ser.


Suzanne Leal

Existe sempre uma possibilidade.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/cinema// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp, eros //Suzanne Leal
Site Meter