coqueluche

muito para ser efêmero, pouco para ser eterno

Fabiane Pianowski

Curiosa e digitalmente hiperativa, acredita que toda informação deve ser compartilhada. Atraída pelo que não é canônico, busca arte e cultura nos interstícios do cotidiano

Steidl: a arte de fazer livros de arte

A editora alemã Steidl é uma das editoras mais cobiçadas pelos artistas de todo o mundo para a publicação de suas obras. O detalhe e a qualidade fazem de cada livro produzido uma peça única.


steidl.jpg Alguns dos livros publicados por Steidl

Steidl, localizada em Göttingen - Alemanha, é uma das poucas editoras na qual todo o processo de publicação de um livro: edição, projeto gráfico, diagramação, tipografia, impressão, comercialização e relações públicas está supervisionado por seu propietário-fundador, o alemão Gerhard Steidl (1950).

steidlville.jpg Gerhard Steidl (esquerda) e os trabalhadores que formam parte da equipe de Steidlville

Por esse motivo, Steidlville, transformou-se em uma das editoras-gráficas mais sofisticadas e reconhecidas do mundo. A qualidade única da sua produção editorial atraiu a atenção de importantes referências do mundo da fotografia, arte, design e literatura, assim como de museus, galerias de arte e marcas de luxo, de modo que em seu catálogo figuram nomes como: Ed Ruscha, Richard Serra, Joel Sternfeld, Mitch Epstein, Bruce Davidson, Susan Meisela, Karl Lagerfeld, Nádas Péter, Henri Cartier-Bresson, Gerard Malanga, Lewis Baltz, Bill Brandt, Michel Comte, Philip-Lorca diCorcia, Jim Dine, Roni Horn, Paolo Roversi, Christopher Wool e Jünger Teller, para citar alguns.

steidl-et-ed-rusha.jpg Gerhard Steidl e Ed Ruscha

Gerhard Steidl começou sua incursão no mundo da arte como fotógrafo, mas, ao perceber que apesar de ser um bom fotógrafo nunca seria o melhor deles, optou por ser o responsável pela edição dos livros dos grandes nomes da fotografia e assim transformou-se em um dos melhores impressores e editores da história do livro. Na juventude, trabalhou intensamente com Joseph Beuys, a quem considera seu mentor, responsável por mostrar-lhe o valor das matérias inusuais e de como estas, se bem trabalhadas, podem se transformar em obras de arte.

beuys.png Interior do livro Beuys Book. Klaus Staeck & Gerhard Steidl. Steidl.

Os livros produzidos por Steidl são elaborados com papéis, tintas e tecidos da melhor qualidade e com tecnologia de última geração, sem perder, no entanto, os critérios rigorosos da tradição artesanal, dando especial atenção aos conteúdos, a estética e a qualidade material das edições. A labor de mãos cuidadosas e de um olhar aguçado finalizam o produto com uma excelência reconhecida internacionalmente.

steidl_office.jpg Gerhard Steidl em seu escritório em Steidlville

Um dos últimos projetos de Steidl é o Paper Passion: Perfume for booklovers, um perfume criado por Geza Schoen, en colaboração com o próprio Steidl, Lagerfeld y a revista Wallpaper, responsáveis pelo desenho da embalagem. Karl Lagerfeld, para quem "o cheiro de um livro recém-impresso é o melhor cheiro do mundo", foi o idealizador de colocar em um frasco o olor do papel, e portanto, a experiência da leitura. Oculto no interior das páginas de um livro com textos de Karl Lagerfeld, Günter Grass, Geza Schoen e Tony Chambers está o frasco de Paper Passion, que ao ser aberto cheira a livro.

PaperPassionBook1.jpg Paper Passion, perfume-livro. Steidl.

A paixão de Gerhard Steidl pelo livros foi plasmada no documentário How to make a book with Steidl dirigido por Gereon Wetzel e Jörg Adolph (2010). Neste filme, podemos ver a cumplicidade entre Steidl e os artistas com os quais trabalha, na busca pela solução de cada livro, que é compreendido como uma obra única e que por isso requer um tratamento individualizado. É possível ententer porque Steidl é um dos grande nomes da edição moderna ao reunir qualidades como integridade artesanal e rigor profissional.


Fabiane Pianowski

Curiosa e digitalmente hiperativa, acredita que toda informação deve ser compartilhada. Atraída pelo que não é canônico, busca arte e cultura nos interstícios do cotidiano.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/Poéticas// @destaque, @obvious //Fabiane Pianowski