cotidiano enfeitado

...apenas o que couber no bolso e no coração

Flavia Vargas

Jornalista por amor e formação. Carioca da gema, apaixonada por samba e cervejas especiais. Tem medo de palhaço mas uma coragem imensa pra ser feliz

Escolha ser feliz, apenas

Sobre o mais sincero desejo de ano novo.


Desejo.jpg

Contagiada por essa galera toda fazendo retrospectiva de 2014, parei para pensar no meu ano, prestes a acabar. Lembro bem da virada de 2013, quando abdiquei de todos os pequenos desejos que faço todos os anos para pedir ao universo, com toda a fé do mundo, uma única dádiva: SER FELIZ.

E, olha... acho que descobri a fórmula da felicidade (risos). 2014 foi um puta ano. Ganhei uma força que nunca imaginei ter para correr atrás dos meus sonhos, ganhei novos sonhos, ganhei companheiros para dividir esses sonhos comigo. Afastei-me de muita coisa desnecessária ou que não me fazia bem, e me aproximei ainda mais de tudo que me leva para frente. Conheci lugares emocionantes, pessoas incríveis, histórias inspiradoras. Estreitei os laços mais importantes que já havia.

Todos os anos nos trazem alegrias e tristezas. Mas o mais incrível é a descoberta diária do que podemos fazer com tudo isso. Pedidos de saúde, paz, amor, juntar dinheiro, conseguir um diploma novo, um emprego melhor, carro, casa própria, casar, ter filhos, uma viagem incrível, emagrecer... Imagina quantos desejos o universo escuta na noite da virada!

A questão é que nem nós mesmos sabemos onde mora nossa felicidade. Imaginamos, queremos, desejamos, e buscamos realizar. Mas será que nossa felicidade dependia daquilo mesmo? Eu descobri que a vida nos dá presentes todos os dias, e só quando tomamos consciência do real valor disso é que, de fato, merecemos a felicidade.

Ser feliz com o que se tem é a decisão mais libertadora! Não adianta fazer planos e se frustrar com os que não se realizam. É preciso ter coragem para mudar o trajeto, escolher uma segunda opção, uma terceira, quarta, mas nunca desistir. E encontrar a felicidade nas mais loucas circunstâncias que a vida nos impõe. É uma delícia saber desfrutar das surpresas do caminho, em vez de ficar lamentando por nada ter acontecido como planejado.

Não faço mais promessas nem simpatias. Meu único pedido - ser feliz -, feito com tamanha fé, já atrai para perto de mim um mundo de coisas boas. Eu espero mesmo é que a vida continue me pegando de surpresa, embaralhando meus caminhos e me fazendo passar por experiências inesquecíveis. Venha o que vier, estou pronta.

Na noite de 31 de dezembro de 2014, eu estarei lá, diante do misterioso mar, de olho nas estrelas, repetindo meu maior desejo para o universo. Eu acredito que 2015 vai ser ainda mais FELIZ!

ano-novo.jpg


Flavia Vargas

Jornalista por amor e formação. Carioca da gema, apaixonada por samba e cervejas especiais. Tem medo de palhaço mas uma coragem imensa pra ser feliz.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Flavia Vargas