cultivando palavras

Que tudo que eu quero não fique apenas no pensamento, mas que possa vir tornar-se realidade

Túlio Santos

"Odiamos o que quase somos."

Um delicioso mundo em miniatura

As paisagens comestíveis misturam trabalho, brincadeira, o ócio e a aventura. Um mundo comestível, recheado de curiosidades reveladas através de uma lente macro.


Dois fotógrafos conceberam o projeto Minimiam. Em que miniaturas são colocadas em cenários criados com comida e depois fotografados. A palavra é uma combinação do termo "mini" e da expressão francesa "miam", que significa delicioso.Pierre Javelle e Akiko Ida se conheceram em um curso de fotografia em Paris e ambos sempre foram apaixonados por miniaturas. A ideia de unir comida a miniaturas surgiu a partir do pedido de um cliente do setor alimentício, que encomendou fotos a partir de seus produtos. Eles trabalham no projeto há dez anos e contam que levam um dia inteiro para finalizar uma foto. Segundo eles, a montagem dos cenários leva mais tempo do que o ensaio fotográfico em si.

Tanto Pierre Javelle, que é francês, quanto Akiko Ida, de origem japonesa, dedicam-se profissionalmente à fotografia gastronômica. As paisagens comestíveis misturam trabalho, brincadeira, o ócio e a aventura. Pierre conta que era fascinado por pequenas figuras chinesas em um jarro de flores na casa de sua avó. Akiko, por sua vez, gostava de desenhar histórias de pequenos personagens, como os que aparecem nas tiras de histórias em quadrinhos nos jornais. Eles utilizam lentes macro para fazer as fotos e ocasionalmente recorrem ao photoshop para retocá-las. As figurinhas, que têm tamanho de apenas 1,2 cm, são compradas em lojas onde vendem modelos para construção de trens em miniatura. Eles primeiramente tiram fotos mais de perto e posteriormente da cena toda, dando assim, uma noção do que se passa em volta e como o bonequinho é inserido naquele meio.

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-1.jpg miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-2.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-3.jpg miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-4.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-5.jpg miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-6.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-7.jpg miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-8.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-9.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-10.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-12.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-13.jpg miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-14.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-15.jpg miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-16.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-17.jpg miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-18.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-19.jpg miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-20.jpg

miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-21.jpg miniam-food-dioramas-pierre-javelle-akiko-ida-22.jpg


Túlio Santos

"Odiamos o que quase somos.".
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/fotografia// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Túlio Santos