cultura intratecal

Blog de cinema

Bruno Knott

Bruno Knott é um entusiasta de todas as formas de arte, mas prefere o bom cinema.

Van Gogh, Kubrick, Kurosawa, Scorsese

Uma interessante relação entre Vincent e três mestres do cinema.


vincent-van-gogh.jpg Auto-Retrato com chapéu de feltro, 1887

Dono de uma personalidade excêntrica e de um temperamento por vezes agressivo, Vincent Van Gogh costumava desagradar a todos ao seu redor. Durante sua vida vendeu apenas um quadro e só no ano de sua morte começou a ser reconhecido pela crítica especializada, isso graças a um artigo entusiasmado de Albert Aurier. Não fosse o irmão Theo, dificilmente teria vivido até os 37 anos. Theo o bancou financeiramente praticamente por toda a vida e era um dos poucos capazes de suportar suas manias e seus acessos de fúria.

Suas obras continuam sendo amplamente admiradas, discutidas e homenageadas. O objetivo deste post é mostrar Vincent servindo de inspiração para três gênios do cinema: Kubrick, Kurosawa e Scorsese.

Um dos aspectos que mais chama a atenção em Laranja Mecânica (A Clockwork Orange, 1971) é a violência. Kubrick nos entregou um filme forte, corajoso, recheado de música clássica e que impulsiona várias discussões. Em um dado momento do filme, vemos um grupo de prisioneiros andando em círculos em um melancólico banho de sol. Olhando a obra de Vincent, fica clara a referência. É bom que se diga que Vincent copiou o trabalho original de Gustave Dore, mas colocou o seu estilo em cada centímetro do quadro.

a-clockwork-orange-1971.jpg Cena de Laranja Mecânica, 1971

van-gogh-prisioneiros.jpg Prisoners' Round (after Gustave Doré), by Vincent van Gogh, 1890

Akira Kurosawa é um dos grandes nomes do cinema japonês e mundial. Em Sonhos, ele realizou provavelmente seu trabalho mais pessoal. Em uma das partes do filme vemos um estudante de artes que se encontra no mundo de Vincent, inclusive conhecendo o próprio. Além da linda fotografia que recria algumas obras do holandês, outro destaque fica por conta de Martin Scorsese interpretando Vincent.

scorsese-van-gogh.jpg Cena de Sonhos, 1990

Incrível, não? Existem ínumeras outras referências e reproduções dos trabalhos de Vincent por aí e é sempre bacana descobri-las. Melhor ainda quando quem está por trás delas são nomes do calibre de Kubrick, Kurosawa e Scorsese.


Bruno Knott

Bruno Knott é um entusiasta de todas as formas de arte, mas prefere o bom cinema. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @destaque, @obvious //Bruno Knott