cultura intratecal

Blog de cinema

Bruno Knott

Bruno Knott é um entusiasta de todas as formas de arte, mas prefere o bom cinema.

Por que De Volta Para o Futuro é tão fascinante?

Alguns motivos que fazem de De Volta Para o Futuro um clássico! Para ver e rever.


backtothefuture.jpg

Se você, assim como eu, nasceu na década de 1980, provavelmente assistiu a De Volta Para o Futuro e suas continuações inúmeras vezes. Gosto bastante do segundo e do terceiro filme, mas o primeiro ainda é o meu preferido. Já vi e revi a aventura no tempo do arisco Marty McFly e do simpático maluco Doutor Brown tantas vezes que decorei vários diálogos, mas, mesmo assim, acabo sendo surpreendido por algum detalhe que havia passado despercebido anteriormente, deixando tudo ainda mais empolgante.

Na primeira parte do post faço uma resenha do primeiro filme e na segunda mostro cinco 'easter eggs' espalhados pela trilogia.

Toda a aventura de Marty McFly nos anos 1950 me fascina. Sem querer, ele acaba interferindo no relacionamento dos próprios pais, algo que poderia acarretar em consequências desastrosas.

As risadas estão garantidas nos momentos em que Marty, típico garoto dos anos 80, se complica com as diferenças encontradas nos anos 50, como o fato de não existir a “Pepsi Free” que ele gosta e na dificuldade que ele tem ao tentar abrir uma garrafa de refrigerante.

Mais do que isso, De Volta para o Futuro brinca com nosso imaginário ao mostrar Marty vendo o dia a dia dos pais quando jovens e interagindo com eles. Acredito que todos já pensaram em como eram as coisas na época dos pais e o filme oferece isso de um jeito bem divertido.

Somos conquistados quando o roteiro nos faz acreditar que uma ação é capaz de mudar todo o nosso futuro. É isso que George McFly prova quando enfrenta Biff Tanen pela primeira vez na vida. A diferença da química entre George e Lorraine no início e no fim impressiona.

Basicamente, Marty foi o responsável por fazer seus pais se apaixonarem de verdade, mudando todo o destino da família para melhor. Além disso, ele incentiva o pai a mostrar seus dons para o mundo, sem ter medo de rejeição.

Que mistura inesquecível de comédia, ação, ficção e emoção, não acham?

Quanto aos easter eggs ou 'referências escondidas':

Os relógios do Doutor e Harold Lloyd 1-bttf-safety-last.png

Logo no começo do primeiro filme, vemos os vários relógios do Doutor Brown. Um deles mostra uma cena do filme O Homem Mosca, na qual Harold fica dependurado em um relógio. Trata-se de uma pista para uma sequência crucial.

Twin Pines Mall/Lone Pine Mall twin-pines-mall.jpg

twin-pines-mall-4.jpg

lone-pine-mall.jpg

Essa é clássica. O Doutor Brown chama Marty para mostrar a máquina do tempo no estacionamento do Twin Pines Mall. Após a confusão com os líbios, Marty acaba viajando no tempo até o ano de 1955. Antes de virar shopping, o local era um rancho e haviam dois pinheiros ali. Isso até Marty atropelar um deles quando fugia da família assustada com sua presença. Ao retornar ao ano de 1985, Marty agora se depara com o Lone Pine Mall.

Tubarão 19 1.btt-jaws-19.png

Em De Volta Para o Futuro II Marty é quase "engolido" por um holograma que anuncia o décimo nono filme da franquia Tubarão. É uma brincadeira com o excesso de continuações que Hollywood produz e também uma homenagem de Steven Spielberg (um dos produtores executivos) para o próprio filho. Reparem no nome do diretor de Tubarão 19: Max Spielberg!

Clint o quê? drive-in.jpg

Este é do terceiro filme. Marty e o Doutor estão em um Drive-In. Marty está prestes a embarcar para 1885 e faz uma piadinha com sua roupa de cowboy, dizendo que Clint Eastwood nunca usou algo desse tipo. O Doutor Brown desconhece o nome de Clint! Mas isso é facilmente explicável, afinal nesta época ele ainda não era famoso. O detalhe interessante é que esses cartazes mostram dois filmes em que Eastwood aparece como figurante e passa despercebido: A Revanche do Monstro e Tarântula, ambos de 1955.

De Volta Para o Futuro e Dr. Fantástico 2-bttf-crm-114.png

astrangelove280d.jpg

O amplificador do laboratório do Doutor Brown é uma referência direta a Dr. Fantástico de Stanley Kubrick.


Bruno Knott

Bruno Knott é um entusiasta de todas as formas de arte, mas prefere o bom cinema. .
Saiba como escrever na obvious.
version 6/s/cinema// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Bruno Knott