culturiar

Culturiar é uma neologia, um verbo que exemplifica o nossa curiosidade sobre a cultura.

Mário Lúcio

Eu sou apenas um rapaz afro descendente com um pouco de dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo da Grande São Paulo.

Seu Madruga, o filósofo.

Os ensinamentos de vida de um personagem memorável.


not20130902_101945_489.jpgO seriado Chavo del Ocho (Chaves) é um dos programas de maior sucesso na América Latina, um marco na televisão, com seu humor irreverente e sempre alcançando altos índices no Ibope. Várias gerações no Brasil já assistiram ao Chaves, graças aos episódios que são repetidos continuamente pelo SBT desde a década de 80. Até hoje muitas pessoas sabem de cor e salteado cada cena, frase ou piada mencionada na série, o Chaves e sua turma conseguiram fazer uma espécie de humor que não fere e que não é apelativo, tendo o tempo certo. Dentro desse contexto existe um personagem que se destacou não só por deixar de pagar o Aluguel para o Senhor Barriga ou por tomar tapas da Dona Florinda, o Seu Madruga mais do que pai da Chiquinha, é um notável filósofo e alguns de seus ensinamentos são riquíssimos para a educação infantil e adulta. Ramón Gómez Valdez Castillo era conhecido por ser um dos melhores atores de cinema e da TV mexicana, nascido no ano de 1923, cresceu numa família simples, onde ajudava seu pai que trabalhava num pequeno circo da cidade de Juarez. A carreira de ator teve início por volta da década 40, conseguiu papeis de grande importância em filmes que fizeram sucesso entre as décadas de 50 e 70. Durante as gravações de um dos filmes de em que Don Ramón participou acabou conhecendo Roberto Gomez Bolaños, e foi convidado pra integrar um grupo de humoristas que começava a fazer sucesso na TV mexicana. No seriado Chaves, Don Ramón deu vida ao personagem Seu Madruga, um viúvo que conquistou o público graças ao seu carisma e genialidade nas palavras.

Seu Madruga pode ser considerado um dos grandes filósofos do século XX, a seguir vocês verão as frases que não me deixam mentir;

“Não há nada mais trabalhoso do que viver sem trabalhar.”

“A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena.”

“As pessoas boas devem amar seus inimigos.”

“Não existe trabalho ruim. O ruim é ter que trabalhar.”

“Sou um cidadão consciente, não fanático!”

“Vá até a esquina e veja se meu burro está bem amarrado.” “Pode fazer o favor de ir ver que horas são na Torre de Londres?”

“Devemos perdoar os alugueis atrasados.” “Minha dívida com o senhor é algo que eu levarei até o resto da minha vida.”

“Este símbolo representa prerigo! Ouviram bem?! Pre-ri-go!!”

“Não se diz estáuta, se diz monumento.” “Isso é boxe, não uma briga de mulas.” “Quando a fome aperta, a vergonha afrouxa.” “Você não sabe o que é sentido figurado? Na escola não te dão aulas de geometria?”

“Olha, se existisse Olimpíada para idiotas, você ganharia a medalha de ouro.” “Pra aprendermos outro idioma temos que estudar anatomia, já que a língua faz parte do corpo humano.”

“Somente as pessoas ruins sentem prazer em ver o sofrimento alheio.”

“Tá me chamando de troglodita? Ah, bom... Pensei que tivesse dito poliglota.”

“Olha, Quico… diga à sua mãe que, na salada, a gente coloca vinagre… e não cachaça!”

“Sabe o que eu faço quando gritam comigo? Eu vou pra minha casa.”

“Você sabe quanto custa trazer um artista do estrangeiro? Ainda mais sendo de outro país?”

“Se soubesse que tinha mandado um idiota fazer isso, tinha ido eu mesmo.”

“Posso não ter um centavo no bolso, mas tenho um sorriso no rosto e isso vale mais que todo dinheiro do mundo.”

“Minha senhora, se acha que pode me comprar com alguns presentinhos, eu vou lhe dizer uma coisa... eu aceito!”

“Eu sabia que você era idiota, mas não a nível executivo!”

“Não há luta pior do que aquela que não se enfrenta.” “Somente um idiota responde uma pergunta com outra pergunta.”

“A virtude do bem viver está nos princípios morais, minha filha.”

“Não estou triste porque não arranjei emprego. Estou triste porque consegui arranjar.”

“Sou pobre, porém honrado!”

“Às vezes temos que sacrificar algumas coisas para conseguir outras.”

“Ganha aquele que não perde”

"A diferença entre as duas Alemanhas é simples, é que de um lado se toma Vodka e do outro cerveja."


Mário Lúcio

Eu sou apenas um rapaz afro descendente com um pouco de dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo da Grande São Paulo. .
Saiba como escrever na obvious.
version 6/s/// @destaque, @obvious //Mário Lúcio
Site Meter