culturiar

Culturiar é uma neologia, um verbo que exemplifica o nossa curiosidade sobre a cultura.

Mário Lúcio

Eu sou apenas um rapaz latino americano sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo da Grande São Paulo...

Deu Zebra

Resultados inesquecíveis de jogos que quase ninguém daria algo pelo adversário teoricamente mais fraco.


No Futebol existem expressões que ficam marcadas, uma delas é a simples frase “Deu Zebra”. Presente no Futebolês, essas duas palavras significam um resultado inesperado, uma referência ao jogo do Bicho, onde 25 animais são representados, menos a Zebra, então quando uma equipe favorita acaba perdendo um jogo, popularmente dizemos que “Deu Zebra”.

No Fantástico, programa dominical da Rede Globo, um dos quadros que fazia mais sucesso na década de 80 entre os telespectadores era o da “Zebrinha”, o jornalista Léo Batista anunciava os resultados da Loteria Esportiva, que é dividida em Coluna 1 (Vitória do mandante), Coluna 2 (Empate) e Coluna 3 (Vitória do visitante). A cada resultado que o Léo Batista falava, a Zebrinha (boneco criado por Borjalo e dublado por Marilisi Tartarini) anunciava a coluna, se tivesse um jogo que o resultado seria inimaginável ou inconcebível, logo surgia o bom e velho futebolês e seu “Deu Zebra”.

Já ocorreram vários resultados ditos Zebras no Futebol Mundial, aquele placar que numa roda de amigos gera inúmeros comentários e risadas e que quebra qualquer Bolão de apostas, poderia citar diversos eventos desse tipo acontecidos no futebol, mas como estamos em época de Copa, a seguir algumas Zebras das Copas:

EUA 1X0 INGLATERRA (1950 – Brasil)

O confronto entre colônia e colonizador, foi uma das partidas que entrou para história do futebol, o time inglês chegava cheio de otimismo para sua primeira copa, era uma seleção com jogadores famosos como Mattews, Wilf Mannion e Tom Finney. Já a seleção americana tinha atletas semiprofissionais, o Soccer, como é chamado o nosso futebol na terra do Tio Sam, não era tão valorizado quanto hoje, as casas de apostas colocavam todas as fichas no poderoso time inglês, seria um atropelo, seria. A Inglaterra pressionou do começo ao fim, parando no goleiro que profissionalmente era motorista de carro fúnebre, Frank Borghi, os EUA marcaram aos 38 do primeiro tempo com Joe Gaetjens, a torcida em Belo Horizonte no estádio Independência esperava uma reação da afamada seleção inglesa, só que não aconteceu.

estados-unidos.jpeg

ALEMANHA OCIDENTAL 3X2 HUNGRIA (1954 – Suíça)

A seleção Húngara vinha de 31 jogos de invencibilidade, contava com os gols do lendário Puskas e já tinha ganhado dessa mesma Alemanha na primeira fase da competição por 8x3. O cenário era mais que favorável para o primeiro título mundial da Hungria, ninguém seria louco de dizer que a Alemanha iria se consagrar campeã em terras Suíças, mais uma vez o futebol se mostrou imprevisível.

A Hungria chegou a abrir 2x0 confirmando o que já era esperado, só que mais de 62 mil pessoas presentes no estádio Wankdorf em Berna presenciaram uma virada heróica do time Alemão e um dia inspirado do atacante Helmut Rahn, que com dois gols ajudou a “zebra” a ser campeã do Mundo.

0c766a30-e833-11e3-9493-01a64a097179_Alemanha-x-Hungria-54.jpg

COREIA DO NORTE 1X0 ITÁLIA (1966 – Inglaterra)

Essa é apenas a primeira parte do calvário italiano contra as Coreias, o primeiro capítulo de uma história incrível de Davi x Golias. A Esquadra Azurra já era Bi campeã mundial em 1934 e 1938, favorita ao título daquele ano, precisavam apenas de um empate para se classificar à próxima fase da competição, só que a Coreia do Norte logo no primeiro tempo surpreendeu os italianos e o Meia Pak Doo Ik com seu gol entrou para a história das zebras em Copas.

Aquela era a primeira Copa da seleção Norte Coreana, que com 4 pontos classificou-se para a segunda fase, perdendo depois nas Quartas de Final para o time sensação daquele ano, Portugal de Eusébio.

coreia-do-norte-x-italia-1966-jpg_200115.jpg

ALEMANHA OCIDENTAL 1X2 ARGÉLIA (1982 – Espanha)

A Copa que não traz boas lembranças para o Brasil por ter sido eliminado pela Itália de Rossi, também não traz recordações felizes aos alemães. A Argélia protagonizou a primeira vitória de times africanos contra times europeus em Copas do Mundo, 42 mil torcedores no estádio El Molinón, viram logo no jogo de abertura uma partida típica de Zebra.

Os alemães que tinham em sua escalação o melhor jogador da Europa na época Karl-Heinz Rummenigge, começou perdendo por 1x0 logo no começo do segundo tempo, chegou ao empate e tomou o gol que sacramentou a vitória Argelina. O time africano teria tudo para avançar na Copa da Espanha, pois iria depois ganhar de 3x2 do Chile, só que num jogo vergonhoso entre Alemanha x Áustria em que o resultado de 1x0 para os Alemães servia para os dois lados, os times ficaram tocando bola, um jogo de compadres.

2031393533434e2fc553e0e24865a5eddfef4251d9a18.jpg

ARGENTINA 0X1 CAMARÕES (1990 – Itália)

O time de Eto’o e companhia não fazem nem sombra para o time de Roger Milla, que foi capaz de ganhar da atual campeã do Mundo e que contava com nada mais e nada menos do que Diego Maradona. Num jogo em que os camaroneses tiveram dois jogadores expulsos e com ares de dramaticidade, o placar magro de 1x0 no Giuseppe Meazza (San Siro) foi o suficiente para consagrar um time de futebol alegre como a seleção de Camarões.

Assim como a Coreia do Norte em 1966, Camarões iria cair nas Quartas de Final daquela competição, perdeu para a Inglaterra por 3x2 em Nápoles.

915c2140-f09e-11e3-bdcf-87fc096adc31_1990.jpg

SENEGAL 1X0 FRANÇA (2002 – Japão/ Coreia do Sul)

A atual campeã do Mundo naquela época, favorita ao Bi campeonato, contando com Zinedine Zidane que brilhou na Final de 1998 contra o Brasil não conseguiu vencer a modesta seleção do Senegal que estreava em Copas.

Aos 29 minutos do primeiro tempo, Diop foi o responsável pelo fiasco francês, que ao decorrer da competição empatou com Dinamarca, Uruguai, venceu a Suécia nas Oitavas e perdeu nas Quartas de Final para a Turquia. O grupo A contava com dois campeões do Mundo, França e Uruguai, 3 títulos mundiais que ficaram na primeira fase.

images65.jpg

COREIA DO SUL 2X1 ITÁLIA (2002 – Japão/ Coreia do Sul)

O segundo capítulo da triste história da Azurra contra as Coreias, depois de perder em 1966 para a Coreia do Norte, 36 anos depois em 2002 na primeira Copa disputada na Ásia e em dois países, a Itália se veria de novo perdendo um jogo decisivo para a chamada Zebra.

A Itália contava com nomes como Buffon, Maldini, Del Piero e Totti em sua escalação, jogadores que não foram páreos para a seleção sul coreana que jogava em casa naquela Copa. Apoiada pela torcida viu Ahn Jung-Hwan fazer na prorrogação o gol que daria a Coreia a chance de avançar para as Quartas de Final onde eliminaria a Fúria Espanhola e só parou na Semi contra os Alemães, que perderam posteriormente para o Brasil na grande Final.

Coréia do Sul - Copa de 2002.jpg

URUGUAI 1X3 COSTA RICA (2014 – Brasil)

Quando em Dezembro de 2013 foi feito o sorteio dos grupos para a Copa no Brasil, o Grupo D contendo Uruguai, Itália, Inglaterra e Costa Rica foi logo chamado de grupo da morte por ter 3 seleções campeãs do Mundo, 7 títulos em jogo.

Todos logo afirmaram que a disputa por duas vagas no grupo seriam entre Uruguai, Itália e Inglaterra e que a humilde seleção Pura Vida da Costa Rica iria apenas passear pelo Brasil, curtir uma praia e nada mais, ledo engano dos analisadores e palpiteiros de plantão. Surpreendentemente a dita menor do grupo se agigantou e logo na estreia deu um baile tático na Celeste Olímpica, com atuação fantástica de Campbell, a Costa Rica de virada foi responsável pela primeira zebra da Copa de 2014, mais era só o começo.

423543_heroa.jpg

ITÁLIA 0X1 COSTA RICA (2014 – Brasil)

Depois da vitória da Costa Rica contra o Uruguai muitos diziam que foi golpe de sorte, uma simples Zebra e ficou uma expectativa de vitória da seleção Italiana que já tinha ganhado da seleção Inglesa, Balotelli não conseguiu passar pela defesa costarriquenha que pela segunda vez em sua história se classifica para as Oitavas de Final de uma Copa do Mundo.

Com um gol de cabeça de Ruíz na Arena Pernambuco e com ajuda do recurso eletrônico para mostrar que a bola realmente passou da linha, a Costa Rica ganha seu segundo jogo e continua na Copa, o detalhe mais impressionante é que ela pode ser primeiro lugar num grupo que tem 3 seleções campeãs mundiais.

16617122.jpg

A Copa de 2014 ainda está na primeira fase, será que surgem novas Zebras? São jogos como esses citados que fazem do futebol cada vez mais um esporte imprevisível e como diria o clichê futebolístico inventado pelo comentarista Benjamin Wright, "O Futebol é uma caixinha de surpresas".


Mário Lúcio

Eu sou apenas um rapaz latino americano sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo da Grande São Paulo....
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Mário Lúcio