culturiar

Culturiar é uma neologia, um verbo que exemplifica o nossa curiosidade sobre a cultura.

Mário Lúcio

Eu sou apenas um rapaz afro descendente com um pouco de dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo da Grande São Paulo.

Um caso Síria

Explicando melhor o que está acontecendo na Síria e qual a razão da população se refugiar em outros países.


A Síria é um país que fica situado no coração do Oriente Médio. Possui uma extensão territorial quase do tamanho do Estado do Paraná. Uma população com mais de 22 milhões de habitantes e seu presidente chama-se Bashar Al-Assad, que está no poder desde 2000.

download232323232.jpg

O país enfrenta uma Guerra Civil, desde o ano de 2011, influenciada pela Primavera Árabe, movimento de protestos e revoluções ocorridas no Oriente Médio e norte do continente africano em que a população decidiu ir às ruas para tirar os ditadores do poder e/ou reivindicar melhores condições sociais de vida. Provavelmente o leitor mais atento irá se lembrar dos conflitos na Líbia contra o ditador Muammar Kadhafi, morto depois de inúmeros confrontos e também da situação do Egito com o ditador Hosni Mubarak, culminando em sua desistência de nova candidatura à presidência egípcia.

Só que na Síria o buraco é mais embaixo - como diriam na linguagem popular. Já foram contabilizados mais de 130 mil mortos nesses conflitos que destruíram a infraestrutura do país e gerou uma crise sem tamanho. No início as reivindicações exploravam questões como a democracia, liberdades individuais e protestos contra corrupção e nepotismo do governo Assad. Aos poucos, devido a repressão sangrenta das forças de segurança, os protestos foram se espalhando pelo território sírio e tornando-se uma revolta armada. A ONU faz pressão para a deposição da ditadura naquele país e para dar um fim a essa guerra civil, mas a Rússia, que possui o poder de veto no Conselho de Segurança da ONU, tem interesses políticos na manutenção do atual presidente sírio.

2014-02-03t185347z_1725750652_gm1ea2407xl01_rtrmadp_3_syria-crisis.jpg(Foto: Saad AboBrahim/Reuters)

E como se não bastasse tudo isso, o grupo terrorista Estado Islâmico está invadindo cidades no país. Com medo de serem presas e mortas pelo EI, as pessoas estão fugindo. Mais de 2 milhões de pessoas já saíram da Síria e estão se refugiando em país vizinhos e alguns países da Europa.

Depois dessa breve explicação, você - caro leitor - pode compreender melhor o que tem visto nos telejornais e periódicos com manchetes assustadoras. Sim, a questão é grave e merece um olhar mais atento. Todos esses conflitos na Síria desencadearam diversas outras questões que remetem à falta de saneamento básico, doenças, mortes e um êxodo sírio em massa. Muitas pessoas estão com medo, e não é para menos.

Aqui na Obvious, você - caro leitor - poderá encontrar mais artigos sobre este tema e, principalmente, artigos sobre a crise dos refugiados e as inúmeras discussões em toda Europa em relação a isso. Caso você queira ajudar, já existem vários órgãos competentes disponibilizando opções de doações para ajudar os refugiados. A UNICEF, por exemplo, através de seu site oficial, conta com a colaboração para as várias famílias em situação de risco. Pesquisem, leiam, ajudem se possível. O caso é sério, o caso é Síria.


Mário Lúcio

Eu sou apenas um rapaz afro descendente com um pouco de dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo da Grande São Paulo. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// //Mário Lúcio
Site Meter