culturiar

Culturiar é uma neologia, um verbo que exemplifica o nossa curiosidade sobre a cultura.

Mário Lúcio

Eu sou apenas um rapaz latino americano sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo da Grande São Paulo...

A menina, as fotos, a poesia e a bolsa.

Um dos perfis mais interessantes do Instagram, a @ameninadabolsa traz algo muito além do que belas fotos em lindos lugares.


Os paulistanos Patrícia, 27 anos e Jackson, 26 anos, começaram esse projeto em Alcântara no Maranhão. Eles queriam fazer algumas fotos diferentes do habitual. Sabe quando um casal quer inovar e fazer da sua viagem algo especial? Foi basicamente o que aconteceu, naquele instante nascia um perfil do Instagram que conta hoje com quase 2700 seguidores. O conceito é retratar a moça com sua bolsa nas costas e uma paisagem de fundo com um toque do cotidiano. Cada foto poderia muito bem ser apresentada numa galeria de arte, são mais do que imagens tiradas de uma câmera, são poesias. Se não bastasse esse ar de encantamento que as fotos trazem ao seu expectador, a moça ruiva também poetizou cada foto e assim temos um encontro de artes, de reflexões, de pensamentos.

Maranhão.jpgFoto tirada em Alcântara-MA. Patrícia diz que eles queriam uma foto que misturasse o antigo com o novo através do arco que remete a um portal ou um túnel do tempo.

Patrícia relatou, em breve conversa que tivemos, que ela e seu namorado presenciaram diversas situações inusitadas, como perder o avião que iriam embarcar e até achar lugares que eles jamais imaginariam a existência. Eles perceberam que o Brasil tem paisagens fantásticas, quase que um sonho ou uma distorção da realidade.

Lençóis Maranhenses.jpgFoto tirada em Barreirinhas, Lençóis Maranhenses. Uma das poucas fotos que ela não está com a mochila nas costas.

A intenção do casal, num primeiro momento, é de levar a fotografia e a poesia nos quatro cantos do Brasil, mostrando assim as belezas do nosso país, as nuances de cores e situações que cada região traz. Posteriormente eles pretendem se aventurar também pelo mundo. Já pensaram uma foto da menina da bolsa no Louvre?

Catedral da Sé.jpgFoto tirada no Centro de São Paulo. Observem a simetria dela com a Catedral da Sé.

Quando perguntei qual a foto que mais a encantava, Patrícia me respondeu:

“É difícil escolher uma...Porém, posso escolher duas. A do mirante nove de Julho porque me faz refletir sobre a cidade cinzenta, e como as cores da cidade são inusitadas e metamórficas, existe uma cidade em movimento que ninguém vê e ela grita encantos solitários e reflexões artísticas, ela nunca foi tão viva! A foto da Roosevelt, porque foi no momento certo e na hora certa. A questão da cidade limpa do Dória e achamos o grafite com uma menina e sua bolsa. Um reflexo perfeito! ”

Praça Roosevelt.jpgFoto tirada na Praça Roosevelt em São Paulo. Jackson arrebentou nessa foto, a imagem certa no momento certo.

Na foto do Mirante 9 de Julho, a poetiza ainda nos presenteou com uma poesia de excelente epifania:

“Eu vi um 'eu' crescendo

Eu vi o caos da cidade se manifestar

Eu vi a solidão nas ruas de pessoas vazias

Eu vi uma sinergia me absorvendo...

Eu vi a vida nascendo lá fora!

É lá fora,

Eu vi um quase observatório,

Um espaço multicultural surgindo

Eu vi os cults e alternativos...

A arte urbana em contrates lá fora

É lá fora,

Eu vi poetas, escritores, músicos e artistas reivindicando e conquistando o seu lugar...

Eu vi protestos, injustiças, e solidariedade nas ruas de São Paulo...

Eu vi as inúmeras cores de um céu extraordinário

Eu vi a juventude lutar e ser repreendida lá fora! É lá fora...

Eu vi a loucura de fatores controversos

Eu vi a arte surrealista.... Lá fora.... É lá fora!

Eu vi você.... Eu vagando!

Eu vi tudo isso lá fora.... É lá fora!

Eu apenas não vejo mais...

Aquele ego contido!

Eu vejo o novo dia

De não ser poeta mais um dia."

Mirante 9 de Julho.jpgFoto tirada no Mirante 9 de Julho em São Paulo. Uma daquelas visões que despertam inúmeras reflexões filosóficas.

Uma curiosidade que os olhares mais atentos irão perceber é que ela mudou de mochila nesse um ano. A primeira na cor preta era de improviso, a única que a Patrícia tinha no Maranhão. Já em São Paulo, o casal encontrou esse modelo azul e acharam que seria ideal para a proposta das fotos. Ela me adiantou que no próximo mês já será outra, pois a azul está se desgastando.

Pokemon Go.jpgFoto tirada no Parque do Ibirapuera em São Paulo. Algumas fotos do projeto possuem assessórios, como essa na época da febre Pokemón Go.

Patrícia julga que os mais de dois mil seguidores do perfil se devem ao conjunto da obra entre foto e poesia. Seria mais a identificação dos seguidores com o projeto e que tornou o que é hoje.

Perobas-RN.jpgFoto tirada em Perobas no Rio Grande do Norte. A água clarinha e o farol ao fundo dariam um belo quadro.

O perfil atualmente tem 127 publicações, fotos que transitam entre São Paulo, Maranhão, Paraíba e Rio Grande do Norte. Fotos de muito bom gosto e que tenho certeza que você, caro (a) amigo (a) leitor (a) irá gostar profundamente e refletir com os vários versos presentes abaixo das fotos.

Recomendo de olhos fechados esse precioso perfil que vos apresentei. Deixe seu comentário aqui no Obvious do que achou, visite os outros posts e compartilhe nas suas redes sociais.


Mário Lúcio

Eu sou apenas um rapaz latino americano sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo da Grande São Paulo....
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/fotografia// @obvious //Mário Lúcio