da janela das eumênides

...cada amanhecer traz a razão para recomeçar...

Maria Brockerhoff

As Eumênides acreditam, piamente, na sorte do trevo de quatro folhas… regado com suor, garra, técnica e insônia!

Poema urbano e um destino trágico

O exemplo da insensatez e da carência de um ser humano, ferindo a personagem viva destes versos, justifica a excepcionalidade da publicação deste poema, incomum neste espaço.


Foto: Rainer BrockerhoffUma árvore delicada

quase frágil

presa à calçada

se cobre de pendões

amarelos…

iluminam a avenida

cheia de ruídos

e gente distraída

se enfeita

ignora a desfeita

dos desiludidos.

Os galhos floridos

sob a chuva

ou sol matutino

estão plenos abertos

prontos e certos…

Admirável

esse destino!

Dias depois…

Foto: Rainer Brockerhoff

Este belo e útil ser vivo renascerá das feridas?


Maria Brockerhoff

As Eumênides acreditam, piamente, na sorte do trevo de quatro folhas… regado com suor, garra, técnica e insônia!.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// @destaque, @obvious //Maria Brockerhoff