CIRANDA

por Fran Lipinski

Teus pés são quentes os meus (com mousse de maracujá) [na certa viria com maquiagem preta e batom com gosto de uva, montada num salto maior que a palma da própria mão] (com os olhos fechados) Tens calos, não te cuidas? (ENORMES) [os pés montados em mãos gigantes quantos cabem se forem todos assim? cabemos num espaço findo] (o tamanho do pé importa na dança. (...)